LOADING

Type to search

Share

Nesta quinta-feira, dia 17 de outubro, a presidente sul-coreana Park Geun-hye anunciou durante Reunião de Cúpula da ASEM (ÁsiaEuropa Meeting), em Milão, que o país oferecerá ajuda médica e humanitária aos países africanos afetados pelo vírus ebola. Nas palavras da presidente Park, a “Coreia do Sul decidiu enviar médicos para conter o rápido avanço do vírus ebola, além de fornecer assistência humanitária[1].

O país comprometeu-se a oferecer 5,6 milhões de dólares às Nações Unidas e outros organismos do sistema, incluindo a Organização Mundial de Saúde (OMS) e a UNICEF, num momento em que a comunidade internacional se mobiliza para conter os avanços da doença[2].

No início desta semana, o Secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, solicitou apoio à Coreia do Sul, durante conversa por telefone com o ministro de relações exteriores Yun Byung-se. Os Estados Unidos tem solicitado forte apoio da comunidade internacional para evitar que mais países sejam afetados pelo Ebola[3].

—————————————————————————

ImagemPresidente sul-coreana Park Geun-hye participa da Reunião de Cúpula da ASEM e anuncia no fórum apoio ao combate ao vírus ebola, no dia 16 de outubro, em Milão, Itália” (FonteKorea Times):

http://img.koreatimes.co.kr/upload/thumbnailV2/parkasemtop.gif

—————————————————————————

Fontes Consultadas:

[1] Ver:

http://www.koreatimes.co.kr/www/news/nation/2014/10/113_166471.html

[2] Ver:

http://www.koreaherald.com/view.php?ud=20141016001223

[3] Ver:

http://www.koreaherald.com/view.php?ud=20141016001223

Camila Vieira - Colaboradora Voluntária

Graduada em Relações Internacionais pelas Faculdades Metropolitanas Unidas, realizou intercâmbio na Universidade de Lodz e especialização em Administração na EAESP-FGV. Ampla experiência na área internacional obtida em consultoria estratégica, organização multilateral, entidade de classe, agência governamental e de notícias, sempre com foco na expansão de operações internacionais e de PMEs. No momento, atua em projetos de internacionalização e articulação institucional e prepara-se para iniciar Mestrado em Políticas Públicas.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!