LOADING

Type to search

Share

A China está passando por dificuldades em manter seu alto e acelerado crescimento, assim afirmou Ma Jiantang, diretor da “Administração Estatal de Estatísticas”. O país esta passando por um processo semelhante ao de países europeus anos atrás, tendo uma população cada vez mais idosa, perdendo gradualmente a vantagem em questão de mão-de-obra.

Além deste ponto, o modelo de desenvolvimento chinês carece de mudanças, pois a degradação do meio ambiente e o consumo de energia está muito alto, o que pode lhes trazer problemas futuros.

A economia chinesa e seu modelo de desenvolvimento necessitará de reformas em médio e longo prazos. Apenas neste início de ano, o governo já anunciou uma meta de crescimento do PIB abaixo de 8%, muito menor que nos anos anteriores.

Embora suas regiões de administração mantenham crescimentos positivos, como Hong Kong, com 7% acima do ano anterior, pequenos resultados positivos não suprirão as necessidades da China como um todo.

————–

Fontes:

VerCRI”:

http://portuguese.cri.cn/561/2012/03/16/1s147853.htm

Ver TambémCRI”:

http://portuguese.cri.cn/561/2012/03/17/1s147860.htm

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!