LOADING

Type to search

“Cúpula América do Sul – Países Árabes (ASPA)” apóia reivindicação da Argentina sobre “Ilhas Malvinas” e causa do Estado Palestino

Share

 A presidente Dilma Rousseff na abertura da  3ª Cúpula de Chefes de Estado e de Governo América do Sul–Países Árabes (Aspa) (Roberto Stuckert Filho/Presidência da República) No passado 3 de Outubro, a “III Cúpula de Chefes de Estado e de Governo América do Sul – Países Árabes (ASPA)” emitiu a “Declaração de Lima*, na qual manifestou apoio à Argentina em sua reivindicação pela soberania das “Ilhas Malvinas” e rechaçou a exploração unilateral de recursos de hidrocarboneto realizada pela Grã-Bretanha.

Alem disto, a Declaração respaldou o direito do povo palestino e de todas as nações da região à independência e a viver em paz e segurança, dentro de fronteiras reconhecidas e respeitadas, segundo as palavras do presidente do Peru, Ollanta Humala, anfitrião da Cúpula. Ele declarou: “Nesse sentido, ratificamos nossa adesão às resoluções das Nações Unidas sobre o particular, e chamamos as partes em conflito a retomarem as negociações de paz em um clima de boa-fé, disposição e respeito*.

 

A “Declaração de Lima” reprova a utilização da força nas relações internacionais, exalta a não proliferação nuclear,  o controle de armas e a proteção ao meio ambiente. Alem disto, condena a sublevação policial ocorrida no Equador em 2010 e observa a inviolabilidade das sedes diplomáticas, em alusão ao polêmico asilo pedido por Julian Assange na Embaixada equatoriana em Londres.

A Cúpula foi a primeira entre os mandatários das duas regiões depois de iniciada a “Primavera Árabe”. Nesta ocasião, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, “condenou situação da Síria e defendeu o respeito ao processo de democratização nessa região. Santos defendeu que os países árabes enfrentem a mudança política da forma mais pacífica, civilizada e democrática possível**, asseverou.

A “III Cúpula América do Sul – Países Árabes (ASPA)” se auto-descreve como um Fórum de coordenação política entre os países dessas duas regiões, bem como um mecanismo de cooperação no campo da economia, cultura, educação, ciência e tecnologia, preservação das questões do turismo, meio ambiente e outros assuntos relevantes para o desenvolvimento sustentável dos seus países e contribuir para a paz mundial***.

O Itamaraty destaca que “América do Sul e Países Árabes apresentam PIB agregado de US$ 5,4 trilhões e população total estimada em 750 milhões de habitantes. Entre 2005 e 2011, o intercâmbio comercial entre as duas regiões cresceu 101,7%, passando de US$ 13,6 bilhões para US$ 27,4 bilhões. Nesse período, o crescimento do comércio total entre o Brasil e os Países Árabes foi de 138,9%, evoluindo de US$ 10,5 bilhões para US$ 25,1 bilhões”****(Grifos meus).

——————

Fontes consultadas:

* Ver:

http://www.itamaraty.gov.br/sala-de-imprensa/notas-a-imprensa/iii-cupula-america-do-sul-paises-arabes-2013-declaracao-de-lima-2-de-outubro-de-2012

** Ver

http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI6197955-EI294,00-Cupula+ASPA+termina+com+pedido+de+paz+e+reconhecimento+de+Estado+palestino.html

*** Ver:

http://www.aspa3.com/index.php?option=com_content&view=article&id=44&Itemid=54&lang=es

**** Ver:

http://www.itamaraty.gov.br/sala-de-imprensa/notas-a-imprensa/iii-cupula-america-do-sul2013paises-arabes-aspa-2013-lima-peru-2-de-outubro-de-2012

Tags:
Rafael Alvariza - Articulista Colaborador (Uruguai)

É mestrando em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS, Brasil) e Mestrando em Ciências Humanas - Opção Estudos Latino-americanos pela Faculdade de Humanidades e Ciências da Educação, UdelaR, e Diplomado em Cooperação Internacional pelo Centro Latino-Americano de Economia Humana (CLAEH, Uruguai). Bacharel em Relações Internacionais, formado pela Faculdade de Direito, Universidade da República (UdelaR, Uruguai). Entre outras atividades, foi colaborador no projeto “Inovação e Coesão Social no Mercosul” (Secretaria Executiva de Mercocidades com financiamento da União Européia) e Consultor Jr. na ONG “Iniciativas para la Cooperación Internacional, el Desarrollo y la Integración Regional” (INCIDIR, Argentina).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!