LOADING

Type to search

Divulgação do Índice Ibrahim de Boa Governança Africana de 2017

Share

A Fundação Mo Ibrahim é uma Organização Não-Governamental africana criada em 2006, que desenvolve prêmios, bolsas e relatórios que visam incentivar e informar as lideranças dos Estados africanos a superarem os desafios de gestão de recursos nacionais e manutenção dos direitos da população, através do aprimoramento da Governança como forma de desenvolver o continente.

Logo da Fundação Mo Ibrahim

Desta maneira, é lançado anualmente o Índice Ibrahim de Boa Governança (IIAG, sigla em inglês) onde são observadas as políticas dos países e mensurados os avanços em tópicos como Segurança e Estado de Direito; Direitos Humanos e participação popular; Sustentabilidade Econômica e geração de oportunidades; Desenvolvimento Humano e demais tópicos inseridos nestas categorias. Metodologicamente, são utilizadas 36 fontes independentes de pesquisa internacionais e africanas.

O IIAG de 2017 foi lançado no dia 20 de novembro, o documento apontou a melhoria nos indicadores de 40 dos Estados do continente, entretanto, a tendência deste progresso é menor, em comparação com os últimos dez anos. Dos 12 Estados que não apresentaram avanços dentro dos itens do Índice, 8 tiveram uma baixa significativa dos indicadores em relação aos IIAG de anos anteriores.

No que tange os Países Africanos de língua oficial portuguesa, o IIAG apontou melhorias nos indicadores de São Tomé e Príncipe, totalizando 61 pontos (em uma escala de 100), passando a ocupar o 11º lugar dentre os 54 Estados Africanos.  Cabo Verde também manteve seu posicionamento dentro do IIAG, em 4º lugar. Por outro lado, países como Angola e Moçambique apresentaram uma queda expressiva do Índice.

O posicionamento moçambicano passou para a 23° colocação, caindo duas posições e adquirindo 52,2 pontos. Tal cenário torna Moçambique um dos 8 Estados que sofreram decréscimos significativos. Dentre as categorias em que houve a desaceleração do desenvolvimento destacam-se os indicadores de Desenvolvimento Humano, Segurança, bem como o acesso a serviços públicos de saúde e informação, questões envolvendo a administração pública, burocracia e os desafios enfrentados por atuações corruptas.

Mohamed Ibrahim, fundador e presidente da Fundação Mo Ibrahim

Angola, por sua vez, desde 2012 encontra-se entre os dez países com índice mais baixo e não obteve avanços significativos, estando atualmente com uma pontuação de 39,4 pontos. A diretora executiva da Fundação Mo Ibrahim, Nathalie Delapalme, argumentou que a situação apresentada se deve a queda de investimentos no país, assim como o decréscimo no que diz respeito a participação popular e Direitos Humanos e de livre expressão.

Na perspectiva de Mohamed Ibrahim, criador e presidente da Fundação, o desempenho angolano relaciona-se à gestão de suas políticas em detrimento da grande disponibilidade de recursos que o país dispõe. Quanto a Moçambique, Ibrahim destaca que houve avanços, porém, o momento de estagnação e decréscimo parcial anteriormente havia demonstrado um crescimento potencial, tendo já recebido prêmio da Fundação.

Neste sentido, observa-se que ambos os países encontrarão desafios internos para voltar ao crescimento do seu desempenho no âmbito do IIAG, dos quais a adoção de novas políticas no âmbito doméstico apresenta-se mais evidente após a divulgação do Índice, possibilitando às esferas da sociedade estarem cientes e participantes neste processo.

Igualmente, esta busca pela ascensão dentro do ranking se fará relevante em virtude da visibilidade que os Estados podem adquirir, tendo em vista a dimensão do IIAG, a sua projeção internacional e a possibilidade de atração meios para a superação de tais desafios.

———————————————————————————————–                    

Fontes das Imagens:

Imagem 1 Localização do Continente Africano” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/8/86/Africa_%28orthographic_projection%29.svg/250px-Africa_%28orthographic_projection%29.svg.png

Imagem 2Logo da Fundação Mo Ibrahim” (Fonte):

https://mo.ibrahim.foundation/wp-content/themes/mif/images/mif-widget-thumb.jpg

Imagem 3 Bandeira de Moçambique” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/d/d0/Flag_of_Mozambique.svg/1200px-Flag_of_Mozambique.svg.png

Imagem 4 Mohamed Ibrahim, fundador e presidente da Fundação Mo Ibrahim” (Fonte):

https://pt.wikipedia.org/wiki/Mo_Ibrahim#/media/File:Mo_Ibrahim.jpg

Lauriane Aguirre - Colaboradora Voluntária

Bacharela em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Dentre as áreas de interesse encontram-se Cooperação Técnica Internacional e Segurança Internacional. Como colaboradora do CEIRI Newspaper escreve sobre o continente africano, mas especificamente os países de língua portuguesa.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!