LOADING

Type to search

Doações de vacinas em cooperação brasileira com o Haiti

Share

O Brasil continua sendo um dos principais países a cooperar com o Haiti também na área de saúde. Foi anunciada a doação de 4.349.000 doses de vacinas BCG (para combater formas graves de tuberculose), Pólio (poliomielite), DPT (difteria, tétano, coqueluche) e DT (difteria e tétano), tendo chegado em Porto Príncipe, capital do país, no dia 9 de março 1,5 milhão de doses de pólio para crianças abaixo de 10 anos. Foram investidos 1 milhão, quatrocentos e cinquenta e quatro mil dólares, para a compra das vacinas e transporte delas (US$ 54,000.00), que serão guardadas nos armazéns da “Organização Panamericana da Saúde” (Opas), que apoia a operação.

 

O Brasil tem atuado neste setor com o Haiti em vários empreendimentos, como “a coordenação da construção de quatro unidades de saúde – três Hospitais Comunitários de Referência (HCR) e um Instituto Nacional de Reabilitação (INR) – além de capacitar médicos, agentes comunitários e técnicos em saúde do Haiti”*. Está comprando equipamentos e fazendo doações para propiciar condições ao tratamento de doenças, bem como a prevenção, já que se tem como certo que certas moléstias podem afetar toda a região e não apenas o país, sendo essencial seus controles no Haiti com urgência.

No início de 2011 vários observadores afirmavam que o Brasil era um dos países que cumpria seus Acordos com o Haiti, mantendo a Cooperação firmada  e as doações que havia prometido, independente de seu papel na Minustah. Acreditam assim que a presença brasileira se manterá dentro dos Acordos que foram firmados nas várias áreas de cooperação técnica.

——————

Fontes Consultadas: 

* Ver:

http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/noticia/4503/162/brasil-doa-mais-de-4-milhoes-de-doses-de-vacinas-ao-haiti.html

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!