LOADING

Type to search

A União Européia dará Auxílio à Grécia se Necessário

Share

A Grécia que vive atualmente a pior crise financeira de toda União Européia. Tem sido considerada pelos economistas como o maior desafio enfrentado pela moeda única européia, desde a sua adoção, em 2001.

Um dos grandes problemas que o país enfrenta hoje é a perda de credibilidade no mercado internacional, já que o governo anterior mascarou as estatísticas para esconder, durante algum tempo, o tamanho do déficit orçamentário.

Em 2009, os governos europeus tiveram de aumentar as despesas públicas para conter os efeitos da crise econômica e financeira mundial. Isso levou ao aumento do déficit publico que é a diferença entre o total arrecadado pelo governo e os gastos públicos durante um ano. Na Grécia, o déficit chegou a 14% do PIB do país.

Para enfrentar estes desafios, hoje, dia 11 de fevereiro, foi anunciado pelo presidente da União Europeia, Herman Van Rompuy, que os países da zona do euro (grupo dos 16 países que adotam o euro como moeda) vão ajudar a Grécia, se necessário, indicando que o governo grego não pediu ajuda financeira. Van Rompuy não forneceu detalhes sobre como a ajuda será concedida e não deu indicações de que um auxílio direto aos gregos seja urgente.

Os Estados membros da área do euro vão tomar atitudes determinadas e coordenadas se necessário para salvaguardar a estabilidade na área do euro como um todo“, afirmou Van Rompuy.

Além de Van Rompuy, o primeiro-ministro grego, George Papandreou; a chanceler alemã, Angela Merkel; o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e outros líderes mantiveram uma série de negociações nesta manhã, em meio à especulação de que uma ajuda para a Grécia estaria sendo planejada.

Agora, o mercado espera os desdobramentos da reunião entre os líderes da União Européia, na qual os meios para lidar com a crise financeira da Grécia foram discutidos.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.