LOADING

Type to search

Share

Nesta segunda-feira, foi anunciado o nascimento de um dos centros financeiros mais poderosos e diversificados do mundo. Cingapura e Austrália declararam a fusão de suas bolsas, criando um novo centro financeiro na Ásia-Pacífico.

Segundo dados oficiais, a “Bolsa de Cingapura” (SGX) fez uma oferta de 8,3 bilhões de dólares para que a “Bolsa de Sydney” (ASX) se fundisse a ela. Com a fusão, este centro  será a quinta maior praça financeira do globo, atrás apenas de Hong Kong, Chicago, Brasil e Alemanha.

Em 2020, dentro de menos de 10 anos, quase metade do PIB mundial estará na região do Pacífico asiático”, diz Magnus Bocker, diretor geral da SGX, que assumirá o posto de Presidente da nova companhia.

Embora o negócio seja bem-visto por economistas e investidores, ainda haverá obstáculos, como o Parlamento australiano, que deve eliminar o limite de propriedade no capital da ASX de 15% por acionista.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.