LOADING

Type to search

Brasil x Argentina, no campo comercial venezuelano

Share

Brasil assumiu que confrontará a Argentina na concorrência para ocupar vácuo que será deixado pela Colômbia nas relações comerciais com Venezuela. O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio do Brasil, Miguel Jorge, esteve ontem, 20 de agosto, em Caracas com comitiva de oitenta empresários, negociando as possibilidades de exportação de empresas brasileiras, para ocupar o espaço colombiano.

 

O grande concorrente do Brasil é a Argentina que já está fechando acordos comerciais, mas os brasileiros têm argumentado sobre as vantagens competitivas da sua indústria nacional, os ganhos em logística e a experiência positiva de transações comerciais que já existem há alguns anos. 

Outro argumento importante é a possibilidade de ser trabalhada mais intensamente a entrada da Venezuela no MERCOSUL, questão que está estagnada no Congresso brasileiro, podendo a solução do problema ser acelerada e apresentada rapidamente, uma vez que os empresários estão entusiasmados com as possibilidades de negócios.

O que se acredita é que eles farão pressão no Legislativo do Brasil, pois a previsão de possíveis assinaturas de acordos comerciais com a Venezuela será rápida, uma vez que o fim deste ano (2009) é o prazo máximo dado por Hugo Chávez para a substituição total dos colombianos no espaço comercial da Venezuela.

Com isso, a Argentina perderá um espaço importante e terá que negociar com o Brasil algumas parcerias para não ver seus projetos abandonados, principalmente depois dos problemas recentes que teve com o Brasil.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.