LOADING

Type to search

Celso Amorim defende diminuição do superávit do Brasil na América do Sul em prol da integração regional

Share

O “Ministro das Relações Exteriores” do Brasil, Celso Amorim, defendeu que o Brasil deve realizar abertura comercial plena com os países da America do Sul, para efetivar uma real integração regional. Para tanto, afirmou que será essencial diminuir o superávit que o país tem com relação aos sul-americanos.

A lógica do argumento do Ministro não deve ser centrada na diminuição do superávit, mas no estímulo ao processo de integração regional. Segundo afirmou, a diferença de comércio entre o Brasil e os demais países sul-americanos é gigantesca, citando o caso do Equador em que as exportações chegam a casa de US$ 1 bilhão e as importações são de apenas US$ 30 milhões. Casos como este, de acordo com a percepção de Amorim, espelham, às diferenças que existem em questões jurídicas, alfandegárias, fito-sanitárias, que desestimulam a integração entre os países e a ação em Bloco.

De acordo com sua percepção, no mundo, os maiores negócios são feitos nas relações comerciais entre Blocos Econômicos e não bilateralmente entre países. Assim, os ganhos que o Brasil tem em relação aos seus vizinhos são menores do que teria se houvesse integração entre eles e  estes negociassem com uma unidade com outros países e Blocos Econômicos no mundo.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.