LOADING

Type to search

China e Índia terão crescimento acima de 7% neste ano

Share

O “Banco Asiático de Desenvolvimento” (BDA, sigla em inglês)) divulgou suas previsões para as economias asiáticas em relação ao crescimento que será apresentado neste ano (2010). A pesquisa focou as economias consideradas emergentes: Índia e China.

Segundo os dados apresentados, o “Produto Interno Bruno” (PIB) das nações asiáticas deverão ter um crescimento de 8,2% em 2010, com previsão de 7,3% para o ano de 2011. O crescimento se deveu às relações dos países asiáticos com a China e a Índia, que tem mercados atrativos para impulsionar as relações comerciais e contribuir para o desenvolvimento do leste e do sul asiático.

O BDA prevê que a meta de crescimento chinês seja ultrapassada, ficando acima dos 8% previstos pelo governo do pais. Acredita-se que chegará a 9,6%, tendo assim 1,5 ponto a mais. Os indianos terão um crescimento de 8,5%, também superando as metas do governo indiano.

O BDA tem projeções positivas para a região, esperando que com o crescimento destas duas potências asiáticas, as nações menores do continente possam acompanhá-las e se desenvolvam de acordo com seus mercados e especialidades, contribuindo para o desenvolvimento “estável” da região.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!