LOADING

Type to search

Cresce a importação de produtos sul-americanos na China

Share

Segundo a “Comissão Econômica para a América Latina e Caribe” (Cepal), a China passou a importar mais dos produtos latino-americanos. Segundo os dados apresentados, houve aumento de 44,8% nas importações chinesas no primeiro semestre deste ano (2010).

A gama de importações está no setor de matérias-primas, produtos agrícolas e agropecuários, necessários para suprir as necessidades básicas do país asiático. Segundo dados da Cepal, as importações chinesas ajudam as nações menores e “dependentes do turismo”, assim elas têm mais opções para manter suas economias.

A Organização prevê um crescimento ainda maior até o final do ano, estimando que possa chegar até 21,4%. Espera-se que, com o retorno das exportações para as nações asiáticas, prejudicadas pela crise financeira internacional do ano passado (2009), novas portas possam ser abertas para o desenvolvimento de todas as nações latino-americanas.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.