LOADING

Type to search

Cristina Kirchner transfere 6,5 bilhões de dólares das reservas para pagar dívidas do país

Share

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, realizou manobra política e cancelou um DNU* (Decreto de Necessidade e Urgência) para realizar a transferência de 6,5 bilhões de dólares das reservas do Banco Central do país para o Tesouro Nacional, com o fim de pagar as dívidas públicas que vencem agora em 2010.

A medida foi bem recebida pelos mercados, mas criticada pelas lideranças políticas, pela oposição e pelos analistas. O principal problema se deve ao fato de a Presidente ter passado por cima do Legislativo para realizar tal medida.

Os políticos acenaram que se esperava fazer a negociação para solucionar o problema do pagamento da dívida na instância adequada: o Congresso argentino. No entanto, Cristina Kirchner atropelou os trâmites adequados e realizou medida que está deixando as lideranças e vários setores da população apreensivos, pela forma antidemocrática que foi feita e pelo fato de ela estar ignorando as instituições do país.

Segundo as avaliações de analistas, é possível esperar qualquer outra ação da mandatária, até mesmo novos confiscos da poupança. Eles apontam para esta probabilidade devido ao fato de ela ter revertido um DNU, ter ignorado o Congresso, ter aplicado novas medidas, desrespeitando as demais instâncias e poderes públicos para pagar dívidas geradas por sua administração, que é acusada de corrupção e falhou no planejamento econômico, tanto que uma das principais acusações é de que está sendo mascarado o índice de inflação argentino, com o intuito de manter a política governamental.

Da perspectiva dos economistas, a ação foi bem recebida pelos mercados apenas neste momento, mas será criticada dentro em breve, quando os investidores externos se afastarem e o país voltar a perder recursos, já que a credibilidade argentina ficará novamente abalada.

—————————————————————————————————————————————-

* No Brasil, corresponde à Medida Provisória.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!