LOADING

Type to search

Emirados Árabes Unidos pretendem investir US$ 13 bilhões no Brasil

Share

Segundo informações publicadas pelo jornal “O Estado de São Paulo”, o governo brasileiro está negociando com os Emirados Árabes Unidos um investimento de US$ 13 bilhões no Brasil, em diferentes áreas do setor produtivo.

Na próxima sexta-feira, dia 6 de maio, o secretário-executivo do “Ministério do Desenvolvimento”, Alessandro Teixeira, vai a Dubai para reuniões técnicas com líderes locais, a serem realizadas no início da semana que vem.

Na agenda estão encontros com o primeiro-ministro e vice-presidente dos Emirados, xeque Mohammed bin Hashid al Maktoum, também soberano de Dubai, e com a ministra de Comércio, Lubna Khalid Al Qasimi.

Conforme a agência de notícias da “Câmara de Comércio Brasil-Árabe”, o montante de US$ 13 bilhões disponível para investir no Brasil tem como possíveis alvos os setores de mineração, alumínio, energia e logística.

A grande interessada em realizar estes investimentos é a estatal de investimentos “Mubadala”, que funciona como um fundo de investimentos e foi criada pelo governo dos Emirados Árabes em 2002 para diversificar investimentos e diluir a forte dependência do país na produção de petróleo.

Segundo o site da empresa, o objetivo é investir em negócios com viabilidade comercial, para render lucro no longo prazo. Entre suas áreas de atuação estão o setor aeroespacial, energia, saúde, informação, comunicação, tecnologia e infra-estrutura.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!