LOADING

Type to search

Empresas chinesas estudam indenizações pela retirada da Google na China

Share

Um grupo de empresas chinesas e alguns acionistas encaminharam formalmente um pedido de negociação para eventuais indenizações, caso a Google saia do mercado chinês, assim como ameaçou fazer. Segundo declaração, estas empresas não pretendem assumir os prejuízos sozinhas.

A maioria é do ramo de publicidade, que investiu no portal chinês da Google (google.cn). Estas empresas se queixam de não serem consultadas pela empresa norte-americana sobre seus projetos, desde que ela anunciou que poderia se retirar da China.

A carta do grupo de empresas foi publicada na TV estatal chinesa CCTV. Segundo afirmaram, “A única coisa que nós podemos fazer é esperar numa angústia insuportável. Muitas de nós enfrentaríamos uma falência e o encerramento porque investimos fortemente fundos e esforços para cumprir as exigências da Google. (…) Não podemos simplesmente aceitar que a Google nos diga agora que nós, os nossos clientes, funcionários e investidores tenhamos de assumir os riscos comerciais pelos seus atos“.

A Google informou que analisará a carta e estudará meios para que não ocorram perdas para nenhum dos lados.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!