LOADING

Type to search

Share

A crise de credibilidade na recuperação européia e a falta de invenção dos “Bancos Centrais” convertem-se em desvalorização acelerada do Euro.

Ontem, dia 17 de maio, o Euro atingiu o nível mais baixo da moeda única desde 2006, sendo cotado a 1,2237 dólares. Esta contínua queda da moeda européia frente ao dólar explica-se pelo fato dos investidores não terem sinais concretos da recuperação da “zona do Euro”, além de refletir a falta de intervenção por parte dos “Bancos Centrais” para estabilizar a cotização da moeda.

Para a “Comissão Européia” esta situação beneficia as exportações da região, convertendo-se em uma oportunidade de recuperação para as empresas penalizadas pela crise. Tanto em Washington como em Tóquio, a preocupação não se prende à desvalorização do Euro, mas sim à velocidade com a qual está sendo produzida.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!