LOADING

Type to search

Greve geral em Portugal é considerada a maior já realizada desde 1988

Share

Cerca de três milhões de trabalhadores portugueses (75 % da população ativa) aderiram ontem à greve geral no país, em protesto pelas medidas do Governo socialista de combate à crise, realizando a maior greve geral da história do país, segundo os sindicatos. “É a maior greve já realizada, mais importante que a de 1988”, ano em que foi convocada a maior paralisação unitária, afirmou João Proença, o “Secretário-Geral da central sindical “União Geral de Trabalhadores” (UGT).

Por conta da greve, aeroportos, agências bancárias, estações de metrô e de trem de Portugal interromperam suas atividades. De acordo com a “Agência Lusa”, as estações do metrô de Lisboa estão fechadas por motivos de segurança, sem previsão para que os trens voltem a circular.

O alvo dos protestos foram os cortes de gastos anunciados pelo governo por causa da crise econômica, como o congelamento dos salários do funcionalismo, a redução dos benefícios sociais e o aumento de impostos.

Depois da ajuda de 85 bilhões à Irlanda, os mercados apostam que Portugal poderá ser o próximo país a pedir ajuda externa, por causa de seu elevado endividamento.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.