LOADING

Type to search

Share

A preocupação com as instalações japonesas de energia nuclear ainda afeta o cotidiano do Japão, levando o país a revezar o consumo de energia para manter-ser operante. A política de economia de energia está sendo iniciada com um mês de antecedência.

A campanha “Cool Biz“, foi antecipada em um mês, antes do que era previsto pelas autoridades responsáveis pelas questões de escassez no abastecimento durante o verão japonês. Junto com esta medida, o Parlamento nipônico aprovou um orçamento extra para reconstrução das áreas devastadas.

O Japão irá operar com um revezamento de energia, trabalhando com cerca de 14,7 bilhões de dólares para a reconstrução em ritmo moderado, objetivando que não haja consumo desnecessário e, desta forma, seja possível fazer com que o país se mantenha operante e garanta uma reconstrução segura, mesmo que de forma gradual.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.