LOADING

Type to search

Rússia fará privatizações de US$ 60 bilhões

Share

O governo da Rússia estabeleceu um projeto de privatizações para os próximos cinco anos, no montante de 60 bilhões de dólares (42 bilhões de euros). O Programa tem listadas 900 empresas, aproximadamente,  incluindo o grupo Rosneft (setor do petróleo) e Banco de capital misto Sberbank e várias outras empresas de setores considerados estratégicos. Segundo o vice-primeiro-ministro Igor Chouvalov, “Graças ao programa de privatizações, o governo poderá receber (…) 42 bilhões de euros”.

Os analistas internacionais afirmam que, com este programa, o governo poderá arrecadar os recursos para manter o Estado equilibrado e realizar os investimentos necessários à modernização da economia russa, além de se livrar dos encargos decorrentes do inchaço do Estado.

Alguns observadores concluem que dentro do mesmo planejamento estão as demissões programadas de 200.000 funcionários públicos para os próximos anos e os investimentos diplomáticos para a inclusão da Rússia na “Organização Mundial do Comércio” (OMC).

Dentro do “Projeto de Estado” estabelecido pelo atual governo da Rússia está sua participação nas rodadas de negociação para a criação de um “sistema de segurança europeu”, razão pela qual o presidente Medivedev esteve em Lisboa, na “Cimeira da NATO” (“Organização do Tratado do Atlântico Norte” – OTAN, em português), nos dias 19 e 20 de outubro.  

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!