LOADING

Type to search

“Tratado de Livre Comércio” entre China e ASEAN impulsiona o crescimento de suas relações

Share

O crescimento das relações entre a China e a “Associação das Nações do Sudeste Asiático” (ASEAN) vem crescendo de forma considerável por meio do “Tratado de Livre Comércio”. O Bloco asiático passou a ser o quarto maior parceiro comercial dos chineses.

Segundo o “Vice-Ministro do Comércio da China”, Gao Hucheng, o as trocas comerciais entre China e ASEAN cresceram cerca de 55% em relação ao primeiro bimestre do ano passado (2009), atingindo 13,65 bilhões de dólares, um crescimento que fez com que as relações comerciais entre eles apresentassem 11% a mais que as relações entre a China e o resto do mundo.

Em dados, os chineses importaram 71,9 bilhoes de dólares (uma alta de 64%) e exportaram 64,6 bilhões de dólares (um crescimento de 45%) no primeiro semestre deste ano. Em termos de investimentos, os chineses totalizaram cerca de 1,2 bilhões de dólares em “investimentos diretos” não financeiros nos países que compõem a ASEAN. Os países membros do Bloco, por sua vez,  investiram na China o montante de 3,1 bilhões de dólares.

Para Gao Hucheng, as relações bilaterais ainda crescerão gradualmente com os progressos obtidos pelo livre comércio, uma relação benéfica que agrada a ambas as partes.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!