LOADING

Type to search

UE e Coréia do Sul não iniciarão seu “Acordo de Livre Comércio” neste ano

Share

O governo sul-coreano informou que o Acordo firmado entre a “União Européia” e a “Coréia do Sul” não entrará em vigor este ano, tal qual havia sido planejado. Segundo o ministro do Comércio sul-coreano, Kim Jong Hoon, a indústria automobilística italiana se opõe fortemente e dificulta a sua implantação.

O Acordo firmado em outubro de 2009 entre a UE e Seul previa a abolição gradativa de tarifas sobre produtos industrializados e agrícolas. Desta forma, o setor automobilístico iria sofrer forte concorrência das montadoras sul-coreanas, que, atualmente, recebem tarifação de 10% sobre os veículos vendidos na Europa.

As montadoras européias, principalmente as italianas, são contra o Acordo, se este incluir seu ramo de atividade entre os produtos de tarifa zero.  Os veículos baratos e competitivos asiáticos são uma “ameaça” às principais montadoras européias, por isso elas continuarão dificultando a sua implementação. A UE irá discutir o caso ainda este mês e tentará obter o apoio e a aprovação no “Parlamento Europeu”, mesmo sem o apoio da Itália.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta