LOADING

Type to search

EDUCASPORT 2013: o Fórum Social Mundial do Esporte

Share

Nos dias 27, 28 e 29 novembro de 2013, realizou-se em Paris, França, um evento internacional que vem comprovar a grande relevância do papel do esporte como ferramenta de desenvolvimento humano e social no mundo: oForum Social Mundial do Esporte”.

Este Forum, que teve como principal organizador a “Agence pour l’Education par le Sport” (APELS) – uma associação francesa independente que vê o esporte no centro do processo educativo e social dos indivíduos e defende e impulsiona a crença em um esporte ético e solidário – contou com inúmeros patrocinadores de peso, tais como o jornal francês “Le Monde”, o “Ministère des Sports, de la Jeunesse, de l’Education Populaire et de la Vie Associative Française” (“Ministério dos Esportes, da Juventude, da Educação Popular e da Vida Associativa da França”, no português), a “Prefeitura de Paris” e o “British Council”, dentre outros.

Devido à necessidade de se reforçar a utilização social e educativa do esporte no cenário mundial, tendo em vista os inúmeros desafios que vêm se fazendo presentes no mundo, tais como a escalada da violência e as crises financeiras, o Forum, que contou com a participação de mais de 600 pessoas oriundas de mais de 30 países, buscou impulsionar a construção de uma rede de atores que engendrem esforços no sentido de desenvolver e explorar o potencial do esporte como ferramenta educacional e de inclusão social, investindo no surgimento de novas práticas que possam contribuir para o crescimento deste importante papel do esporte na arena mundial.

Como forma de garantir um grande e produtivo debate e integrar os inúmeros especialistas dos mais diversos países, o Forum contou com 15 mesas redondas, um forum “Jovens Pesquisadores”, apresentações de estudos de casos e laboratórios de pesquisas sobre inúmeros temas pertinentes ao campo de estudo do esporte como ferramenta social. Ele se estruturou também com três grandes debates, sendo um em cada dia do evento, os quais representaram os momentos mais significativos do Forum. Este tipo de organização pode propiciar uma acentuada troca de experiências entre os inúmeros participantes do evento, sabendo-se que isso foi um dos seus principais objetivos.

Quanto à programação, que se realizou nos dias 27 e 28 de novembro no Estádio Roland Garros e no dia 29 de novembro no Hotel Ville de Paris”, pode-se destacar no dia 27 de novembro a abertura oficial do evento, feita pela Ministra dos Esportes, da Juventude, da Educação Popular e da Vida Associativa, Valérie Fourneyron; as mesas redondas “Cooperação Internacional e Esporte, Quais As Alianças Possíveis?”, “A Educação por Intermédio do Esporte, Um Campo de Inovação Social?”, e o grande debate “Os Campeões Representam Mesmo Modelos Para A Juventude?”.

Já o dia 28 de novembro foi palco do workshop “Empresas, Esporte e Responsabilidade Social”, das mesas redondas “Atividade Física e Esportiva, Uma Ferramenta de Prevenção e Promoção da Saúde”, “Cultura e Esporte, Quais As Complementaridades e Quais Os Links?”, “Os Novos Espaços Esportivos Ao Serviço de Um Esporte Mais Engajado?” e o grande debate “Saúde: Deve-se Encorajar ou Proibir o Esporte”.

Por fim, o dia 29 de novembro, último dia do Forum, teve como grande debate o tema “O Esporte, Um Vasto Terreno de Jogo ou de Exclusão?” e a mesa redonda “A Prática Esportiva, ao Serviço da Emancipação Feminina?”, encerrando-se, assim, o Evento.

————————–

ImagemO Esporte como Ferramenta” (Fonte):

http://www.iledefrance.fr/agenda/educasport-monde-1er-forum-social-mondial-du-sport

————————–

Fontes consultadas:

Ver:

http://www.iledefrance.fr/agenda/educasport-monde-1er-forum-social-mondial-du-sport

Ver:

http://www.educasport-worldforum.org/programme/

Mario Joplin - Colaborador Voluntário

Mestre em Relações Internacionais pela UERJ, Especialista em História das Relações Internacionais e Bacharel em Ciências Econômicas pela UFRJ. Possui experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Política Internacional e Formação Econômica Brasileira. Foi bolsista de FAPERJ por um ano e Bolsista de Vocação para Diplomacia do Instituto Rio Branco (IRBr) por 4 (quatro) anos. Áreas de interesse: Esporte e Relações Internacionais; Diplomacia Futebolística; e Soft Power e Política Externa.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!