LOADING

Type to search

Em crise, OEA reduz orçamento para 2013, mas enfrenta protestos por aumento da verba para a “Comissão e Corte Interamericana de Direitos Humanos”

Share

Bandeira da Organização dos Estados AmericanosAo reconhecer que está mergulhada em uma crise financeira, a “Organização dos Estados Americanos” (OEA) aprovou* um orçamento reduzido para 2013** e se comprometeu a redefinir suas prioridades. O orçamento para 2013 será de 83,9 milhões de dólares, 1,4 milhão a menos que o de 2012, segundo o aprovado na “Assembleia Geral Extraordinária”, em Washington.

 

O orçamento gerou protestos da Venezuela, Nicarágua e Bolívia, que rechaçaram o aumento da verba para a “Comissão e Corte Interamericana de Direitos Humanos”, das quais são antagonistas, e também para a manutenção do financiamento da “Junta Interamericana de Defesa”, cuja função “é prestar assessoria à OEA em temas relacionados com assuntos militares e de defesa, e assegurar uma boa relação cívico-militar que pode ser de grande contribuição para a governabilidade de cada país e, em conjunto, à geração de um ambiente de paz, progresso e respeito aos Direitos Humanos em toda a América”***.

O representante permanente da Nicarágua, Denis Moncada, declarou: “Não podemos estar de acordo com aumentar o orçamento para certas partes do sistema de direitos humanos quando temos pendente corrigir o funcionamento do sistema”**.

Os 34 membros ativos do órgão reconheceram a necessidade de repensar as prioridades e racionalizar o uso da verba, restringindo-a aos objetivos básicos de fomento da democracia, segurança, dos direitos humanos e do desenvolvimento.

—————————————–

Imagem Fonte: Wikipédia

——————————————

Fontes Consultadas: 

* Ver:

http://jornal.ceiri.com.br/wp-content/uploads/2012/11/CP29166S.pdf  

** Ver:

http://economia.elpais.com/economia/2012/11/15/agencias/1353013085_547085.html

*** Ver:

http://www.oas.org/pt/centro_midia/nota_imprensa.asp?sCodigo=P-060/06

 

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.