LOADING

Type to search

Em memória aos 40 anos do Plano de Ação de Buenos Aires

Share

Entre os dias 6 a 8 de setembro (2017), a cidade de Buenos Aires sediará simpósio preparatório para o Fórum Argentino de Alto Nível sobre Cooperação para o Desenvolvimento. O evento será organizado pelo governo do país e pelo Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas (UNDESA). Além de debater a Agenda 2030, o momento servirá também para reflexões acerca dos 40 anos do Plano de Ação de Buenos Aires.

O simpósio contará com a participação de 120 especialistas de diversos países desenvolvidos e em desenvolvimento, desde representantes de Governos nacionais a pessoas que atuam em organismos internacionais, na sociedade civil e no setor privado. Ao longo do evento, serão realizadas atividades como painéis de discussão e oficinas técnicas.

Palácio de San Martín, onde ocorrerá o evento

Conforme informado pela Organização das Nações Unidas (ONU), as discussões estarão centradas em cooperação para o desenvolvimento e temas correlatos, como transferência de capacidades técnicas e promoção do fortalecimento institucional. Um dos seus objetivos é fomentar ações que contribuam para a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e criar ambiente para compartilhamento de práticas bem-sucedidas nacionalmente.

Outra finalidade do simpósio é refletir sobre a evolução da cooperação sul-sul nos últimos anos, tendo como marco temporal os 40 anos da Conferência sobre Cooperação Técnica entre Países em Desenvolvimento de 1978. O evento contou com a participação de 138 Estados e resultou na adoção do Plano de Ação de Buenos Aires, que visava promover e implementar a cooperação para o desenvolvimento entre países do Sul global.

Para o diplomata Carlos Puente, a conferência foi, simbolicamente, o primeiro esforço a nível coletivo de “identificação e de sistematização das formas, modalidades e possibilidades de cooperação técnica entre países em desenvolvimento”.  

Diante disso, a UNDESA e o Governo argentino ambicionam alcançar como resultados a preparação para o Fórum Argentino de Alto Nível sobre Cooperação para o Desenvolvimento, assim como para a Segunda Conferência das Nações Unidas sobre Cooperação Sul-Sul – ambos ocorrerão em 2018.

Concomitantemente, a Argentina espera aproveitar a ocasião para apresentar suas iniciativas e protagonismo no fomento à cooperação para o desenvolvimento. Ressalta-se que o país assumirá, em dezembro deste ano (2017), a Presidência do G20, com a missão particular de dar ênfase para as economias do Sul global.   

———————————————————————————————–                    

Fontes das Imagens:

Imagem 1 simpósio preparatório para o Fórum Argentino de Alto Nível sobre Cooperação para o Desenvolvimento” (Fonte):

https://www.un.org/ecosoc/en/events/2017/dcf-argentina-high-level-symposium

Imagem 2 Palácio de San Martín, onde ocorrerá o evento” (Fonte):

https://en.wikipedia.org/wiki/San_Mart%C3%ADn_Palace

Vinícius Sousa dos Santos - Colaborador Voluntário

Especialista em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (UnB). Bacharel em Relações Internacionais pela Universidade Católica de Brasília (UCB), com experiência acadêmica internacional no Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa. É coordenador do Café com Política e colunista político do Congresso em Foco. Foi estagiário-visitante da Câmara dos Deputados e trainee do Setor Político, Econômico e de Informação da Delegação da União Europeia no Brasil. Atuou também como pesquisador colaborador voluntário do Observatório Brasil e o Sul (OBS). É voluntário Departamento da Juventude da Cruz Vermelha Brasileira Brasília (CVBB).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.