LOADING

Type to search

Evo Morales mostra indignação com a decisão de impeachment de Dilma Rousseff

Share

Ontem, segunda-feira, dia 18 de abril, o presidente boliviano Evo Morales revelou estar indignado com o resultado do processo de impeachment votado pela Câmara dos Deputados do Brasil. Morales, que abriu, na última sexta-feira, uma conta no twitter, escreveu “Força @dilmabr! Sentimos indignação pelo julgamento político. Esta batalha será vencida pelo povo. A verdade se imporá sempre”.

Essa não é a primeira vez que faz declarações a respeito do cenário brasileiro. No início deste mês (abril), o Mandatário boliviano solicitou um posicionamento da União das Nações Sul Americanas (UNASUL), em defesa do mandato da presidente brasileira Dilma Rousseff. No fim do ano passado (2015), ele também já havia mostrado preocupação com a situação do Governo Dilma.

Na sexta-feira, 15 de abril, Morales esteve no Vaticano em encontro com o Papa Francisco. Definiu-se como católico e afirmou que Jesus foi o primeiro socialista, pelo  compromisso do mesmo com os mais pobres e humildes. Na ocasião, afirmou, também, a importância da nacionalização enquanto combate ao neoliberalismo e às forças imperialistas.

———————————————————————————————–

Imagem (Fonte):

Gabriel Sandino de Castro - Colaborador Voluntário 1

Mestrando em Relações Internacionais pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU); Bacharel em Relações Internacionais pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e Pesquisador do Núcleo de Estudos e Pesquisa de Relações Internacionais da Universidade Federal de Uberlândia (NEPRI/UFU).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.