LOADING

Type to search

Forças policiais do Iêmen abateram membros da Al Qaeda que atacaram o Ministério da Defesa do país

Share

No dia 5 de dezembro, aproximadamente 59 pessoas morreram em um atentado com carro-bomba e tiroteio contra oMinistério da Defesado Iêmen.

Estrangeiros também foram atingidos pelo atentado. Um alto funcionário do escritório local da “Sociedade Alemã de Cooperação Internacional” (GIZ), uma médica alemã, dois enfermeiros da Índia, um médico e duas enfermeiras das Filipinas, faleceram.

De acordo com as informações da “Agência EFE”, replicadas pelo portal Exame[1], sete homens envolvidos no ataque, 12 soldados e oficiais da guarda do complexo, vários membros da equipe do hospital do Ministério e dois civis, o juiz Abdel Yalil Nuaman (integrante do “Congresso do Diálogo Nacional”) e sua mulher, também morreram.

Foram contabilizadas aproximadamente 167 pessoas feridas no ataque que começou com a explosão de um carro-bomba, conduzido por um suicida, na entrada leste da sede. Pouco depois, homens armados vestidos com uniforme militar em um veículo 4×4 invadiram o Ministério pela porta oeste, onde fica o hospital. Os guardas nessa porta dispararam com um lança-granadas contra o veículo, que explodiu e incendiou, matando todos os ocupantes.

No dia 6 de novembro, o “Ministério da Defesa do Iêmen” divulgou que as forças de segurança do país abateram os 11 terroristas que participaram do ataque. O Departamento informou que os autores foram “eliminados de forma definitiva[2].

A organização terrorista “Al Qaeda” reivindicou este atentado e destacou que foi realizado contra as “salas de controle dos aviões não tripulados americanos[3] localizadas no edifício. A rede terrorista acrescentou que essas “instalações de segurança conjuntas com os americanos, em sua guerra contra este povo muçulmano, são alvo de nossas operações estejam onde estejam[3].

—————————————————

Fontes Consultadas:

[1] Ver:

http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/atentado-ao-ministerio-da-defesa-no-iemen-mata-26

[2] Ver:

http://noticias.terra.com.br/mundo/oriente-medio/policia-do-iemen-mata-autores-de-ataque-contra-ministerio-da-defesa,fe3793888cab2410VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html

[3] Ver:

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2013/12/06/policia-do-iemen-mata-autores-de-ataque-contra-ministerio-da-defesa.htm

Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!