LOADING

Type to search

Share

[:pt]

Durante cinco dias, representantes de 45 países se reuniram na Armênia, no Fórum Global de Nutrição Infantil, com o objetivo de discutir as diversas maneiras, políticas, ferramentas de gestão de programas direcionados para a alimentação escolar no mundo.

O evento foi organizado pela Global Child Nutrition Foundation e pelo Centro de Excelência Contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas, em parceria com o Governo da Armênia. Ele contou com a participação de representantes de governos, companhias, organizações internacionais, organizações não governamentais, instituições acadêmicas e outros profissionais ligados a programas de nutrição infantil e alimentação escolar.

Um dos principais temas discutidos durante o Fórum foi a criação de redes regionais de alimentação escolar. A rede africana foi criada como resultado do Fórum ocorrido em 2014 e, neste ano (2016), estimulou o comprometimento dos países do sul da Ásia a também se organizarem.

A declaração oficial do evento recomenda que programas de alimentação escolar vinculados à agricultura local sejam priorizados por governos, com a devida alocação de recursos e baseados em estudos e análises. Além disso, recomendou-se também a efetivação das redes regionais e globais como plataformas para o compartilhamento de práticas e lições aprendidas.

———————————————————————————————–                    

Imagem (Fonte):

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Food_security,_Indonesia_(10695863556).jpg

 [:]

João Antônio dos Santos Lima - Colaborador Voluntário

Mestre em Ciência Política na Universidade Federal de Pernambuco e graduado em Relações Internacionais na Universidade Estadual da Paraíba. Tem experiência como Pesquisador no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) no projeto da Cooperação Brasileira para o Desenvolvimento Internacional (Cobradi). Foi representante brasileiro no Capacity-Building Programme on Learning South-South Cooperation oferecido pelo think-tank Research and Information System for Developing Countries (RIS), na Índia; digital advocate no World Humanitarian Summit; e voluntário online do Programa de Voluntariado das Nações Unidas (UNV) no projeto "Desarrollar contenido de opinión en redes sociales sobre los ODS". Atualmente, mestrando em Development Evaluation and Management na Universidade da Antuérpia (Bélgica) e Embaixador Online do UNV na Plataforma socialprotection.org.

  • 1

Deixe uma resposta