LOADING

Type to search

Futuras parcerias para a Indústria da Defesa do Brasil

Share

No último dia 18, quarta-feira passada, o Governo brasileiro anunciou o término da concorrência para aquisição de aviões de caça que visam atender as necessidades operacionais da “Força Aérea Brasileira” (FAB). A vencedora foi à empresa sueca Saab, que comercializa o avião militar supersônico Gripen, em vários modelos, e está disposta a fazer a transferência de tecnologia sensível para o Brasil, na produção compartilhada do “Gripen NG”.

No dia 21 de dezembro de 2013, o jornal “O Globo” publicou que o vice-presidente da Saab, Lennart Sindahl, afirmou que os caças “Gripen NG” serão produzidos em parceria com empresas brasileiras e poderão ser, no futuro, exportados do Brasil para outros países da “América Latina”, da Ásia e da África. Ele entende que as boas relações brasileiras com países das diversas regiões poderão incrementar o mercado dos caças[1]. Deve-se ressaltar também que, além de todas as vantagens deste tipo de aeronave que já foram publicados na imprensa, inclusive no “CEIRI NEWSPAPER[2], a empresa sueca demonstra um bom relacionamento com as indústrias brasileiras.

Neste ano, a “Embaixada da Suécia no Brasil” organizou, em parceria com a Saab, a “Semana de Inovação Brasil-Suécia”. O objetivo foi identificar oportunidades e reforçar a cooperação bilateral entre os dois países[3]. Além disso, o grupo Saab anunciou a instalação de um centro de “Pesquisa e Desenvolvimento” (P&D), em “São Bernardo do Campo” (SP), visando promover o crescimento industrial e o desenvolvimento de novas tecnologias para empresas brasileiras no mercado global.

No mês passado, o novo presidente da Saab, Håkan Buskhe, esteve no Brasil para conhecer um dos mais importantes mercados da sua empresa, que está sendo muito ativa no país nestes últimos anos, estabelecendo relações comerciais e executando um esforço de cooperação entre ela e a brasileira Akaer*[5].

Após o resultado final da concorrência, o vice-presidente da Saab, Lennart Sindahl confirmou ainda que uma das unidades de produção do “Gripen NG” será em “São Bernardo”, apesar de ainda não estar definido que parte da linha de produção caberá à futura fábrica. A empresa já está tratando do assunto com a Prefeitura da cidade. O executivo disse ainda que será apresentada uma lista de empresas que deverão participar da produção dos caças, estando entre elas a conhecida Embraer e a já citada Akaer[1].

Sindahl chegou ao Brasil para começar o acerto dos detalhes do contrato da venda dos aviões, neste negócio avaliado em, no mínimo, US$ 4,5 bilhões. Em termos técnicos, a empresa vendedora apresentou os requisitos satisfatórios e o executivo tem ressaltado que a aeronave, além do alto desempenho,  apresenta um custo operacional bem mais baixo que o dos rivais. Por exemplo, os gastos com horas de voo do “Gripen NG” correspondem à metade dos custos do caça Rafale (da francesa Dassault) e também dos gastos necessários para o “F-18 Super Hornet” (da norte-americana Boeing)[1].

Especialistas esperam que o contrato de transferência de tecnologia possa incrementar a “Indústria de Defesa Brasileira” e sua pauta de exportação para a produção de caças de ótima qualidade, tal qual ocorre com os aviões da Embraer que são elogiados pelo mundo todo.

————————

* Akaer é uma empresa de engenharia com sede emSão José dos Campos” (SP) e especializada no desenvolvimento de aero-estruturas e gestão de projetosTurn Keypara os setores aeroespacial e de defesa[3].

————————

Imagem (Fonte):

http://brasilnicolaci.blogspot.fr/2013/03/saab-inicia-nova-ofensiva-para-oferecer.html

————————

Notas consultadas:

[1] Ver:

http://oglobo.globo.com/pais/suecia-confirma-envio-ao-brasil-de-modelo-mais-antigo-de-caca-11127544

[2] Ver:

http://www.jornal.ceiri.com.br/especialistas-apontam-as-vantagens-da-proposta-gripen-ng/

[3] Ver:

http://www.saabgroup.com/pt/Air/Gripen-Fighter-System/Gripen-Para-o-Brasil/Novidades-Gripen-Brasil/Saab-patrocinou-a-Semana-de-Inovacao-Brasil-Suecia/

[4] Ver:

http://www.akaer.com.br/pt/sobre_a_akaer

[5] Ver:

http://www.saabgroup.com/pt/Air/Gripen-Fighter-System/Gripen-Para-o-Brasil/Novidades-Gripen-Brasil/Novidades-Gripen-Brasil/

Eloisa Maieski Antunes - Colaboradora Voluntária

Mestre em Engenharia Urbana e Doutoranda em Geografia Econômica pela Universidade Federal do Paraná. Trabalha com redes de empresas transnacionais e fluxos econômicos na América do Sul e na faixa de fronteira brasileira. Tem experiência em Comércio Internacional e coordena o grupo de pesquisa EXPOFER - Estudos Avançados de Comércio Exterior e Infraestrutura Logística do Mercosul. Tem trabalhos publicados em Relações Internacionais e Geografia Econômica. Atualmente é pesquisadora convidada da Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne em Paris. No CEIRI NEWSPAPER atua na área de Política Internacional, Integração Sulamericana e Negócios Internacionais.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!