LOADING

Type to search

Governo brasileiro lança “Plano Nacional da Cultura Exportadora”

Share

O  ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, lançou no dia 22 de agosto o “Plano Nacional da Cultura Exportadora”, durante a reunião do “Conselho Nacional de Secretários de Desenvolvimento Econômico”.

O objetivo geral é desenvolver e difundir a cultura exportadora nos Estados, através da capacitação de gestores públicos, empresários e profissionais de comércio exterior, algo que permitirá aumentar e qualificar a base exportadora.

No lançamento, Pimentel enfatizou que a pauta brasileira de produtos exportados deve mudar.

“Os países desenvolvidos não têm uma pauta exportadora concentrada em commodities agrícolas e manufaturas de trabalho intensivo. Eles têm uma pauta de produtos de capital intensivo e de alto valor agregado, com aplicação de tecnologia e inovação. Essa é a pauta do século 21 e essa é a mudança que temos que implementar na economia brasileira”*, explicou para os ouvintes.



A secretária de “Comércio Exterior” do “Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior” (MDIC), Tatiana Lacerda Prazeres, que coordena o “Plano Nacional da Cultura Exportadora”, afirmou que a intenção é desconcentrar as exportações brasileiras. Declarou: “Atualmente, 14 estados brasileiros exportam, individualmente, menos de 1% do total comercializado pelo país no mercado exterior”*.



Para o presidente do “Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas” (SEBRAE)**, Luiz Barretto, a inclusão das micro e pequenas empresas (MPEs) nas exportações brasileiras será o desafio do SEBRAE para os próximos anos. Barretto destacou ainda o ritmo acelerado do crescimento da exportação dos pequenos negócios, mas, apesar deste crescimento, as exportações das MPE representam apenas 1% do comércio exterior brasileiro**. No entanto, ele ressalta que “Com capacitação, pretendemos mostrar a esses empreendedores que há oportunidades de negócios no exterior. Queremos ampliar o mercado e elevar a competitividade”**.

———————————-

Fontes Consultadas: 

* Ver:

http://www.bahiaeconomica.com.br/noticia/54472,governo-lanca-plano-nacional-da-cultura-exportadora.html

** Ver:

http://www.pe.agenciasebrae.com.br/noticia.kmf?canal=107&cod=18776030

———————————

Ver Também:

http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=2&cad=rja&ved=0CDgQFjAB&url=http%3A%2F%2Fwww.desenvolvimento.gov.br%2Farquivos%2Fdwnl_1305241799.ppt&ei=f8U-UIrXF6LJ0QGaxICADQ&usg=AFQjCNHm0EdiQHuKSQGZfXIq-jfUAiBUNA

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.