LOADING

Type to search

Grupo chinês pretende investir US$ 5 bilhões no Brasil até 2015

Share

O Grupo chinês “State Grid Corp” comunicou seu interesse em investir cerca de 5 bilhões de dólares no Brasil até o ano de 2015. A empresa que opera no setor elétrico pretende ser agressiva no mercado brasileiro. A “Cai Hongxian”, subsidiária brasileira que pertence ao grupo, afirmou em declaração à agência Reuters: “Existem muitas oportunidades de investimento em geração, transmissão e distribuição”*.

 

O grupo é especializado em distribuição de energia e quando se avalia o sistema de distribuição do Brasil e de outros países sul-americanos fica evidente a carência deste setor em algumas regiões. O grupo chinês está presente em território brasileiro desde o ano de 2010, quando comprou ativos do grupo “Plena Transmissoras”.
No ano passado, a empresa comprou algumas linhas de transportes de energia do grupo espanhol ACS e outras negociações estão por vir, pois ela ainda não definiu sua nova estratégia para os bilhões que serão investidos no sistema de distribuição no Brasil.
Por hora, a “Cai Hongxian” pretende participar do leilão de energia A-5, que será realizado em outubro deste ano. A sua participação no leilão será fundamental para que o grupo consiga entrar no segmento de produção no país a partir de 2017.
——————
Fonte:

Ver:
http://www.macauhub.com.mo/pt/2012/09/04/grupo-chines-state-grid-corp-pretende-investir-5-mil-milhoes-de-dolares-no-brasil-ate-2015/

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.