LOADING

Type to search

Hachiro renuncia ao cargo de “Ministro da Economia do Japão”

Share

O ministro da Economia japonesa, Yoshio Hachiro, renunciou ao cargo neste sábado (10 de agosto). Um dos principais motivos da renúncia, considerado o mais polêmico, foi sua declaração sobre os arredores da central nuclear de Fukushima, que ele chamou de “Cidade da Morte”.

 

Hachiro foi nomeado para o cargo pelo atual Primeiro-Ministro japonês, Yoshihiko Noda, uma semana antes de seu pedido de demissão. Há uma semana antes do pedido de demissão o ministro da Economia vinha sendo alvo de uma série de críticas, muitas delas violentas, vindas por parte da oposição conservadora, bem como de parte significativa da população. Críticas à sua presença no cargo também foram destaques nas Agências estatais de notícias, como a NHK, além de outras mídias locais, que o pressionaram fortemente para levá-lo a esta decisão.

O governo japonês agora estuda a sua reestruturação administrativa para traçar novas alternativas, visando dar estabilidade política e manter os planos de recuperação econômica do país.

————————————

Fontes:

Radio NHK

Agência AFP

(http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5jd0WCDCUJHNDYI3WImelavpSpv6Q?docId=CNG.6e96d2473e632535b334ab431a2b822f.a41)


Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!