LOADING

Type to search

Importações chinesas preocupam industriais sul-africanos

Share

Um levantamento do periódico sulafricano “Quarterly Manufacturing Bulletin” divulgado na última quinta-feira, 16 de agosto, sobre a confiança empresarial revelou o aumento da insatisfação do setor com as condições de negócios do país*.

Segundo a pesquisa, 33% de 67 empresas consultadas acreditam em um ambiente de negócios estável, contra 45% no trimestre anterior. No mesmo sentido, 43% das companhias demonstram confiança de negócios de frágil a escassa, contra 33% no primeiro trimestre.

 

Diante disso, o setor reivindica uma reação às importações chinesas, como imposição de medidas compensatórias e antidumping, de forma a proteger a produção industrial sul-africana e a geração de empregos no país, bem como saídas políticas em Fóruns internacionais.

O conselheiro para assuntos econômicos e comerciais da embaixada chinesa em Pretória, Wei Jiang, enfoca, no entanto, a questão da competitividade da indústria na África do Sul. Declarou: “Temos de prestar atenção ao aumento da capacidade competitiva. As medidas podem ajudar indústrias locais no curto prazo e pode-se impor taxas contra dumping em produtos chineses, mas não se pode impedir outros porque a competição é global”**.

——————-

Fontes:

* Ver acesso ao Boletim:

http://www.manufacturingcircle.co.za/quarterly_bulletins.html

** Ver:

http://www.bdlive.co.za/business/trade/2012/08/17/call-for-limits-on-chinese-imports

Tags:
Isabella Soares Curce - Colaboradora Voluntária

Graduada em Relações Internacionais pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) – campus Franca. Com atuação focada na área de Marketing Internacional, foi membro do Grupo de Estudos de Marketing Internacional (MKI), atuando também com a questão da inserção internacional de produtos agropecuários, além do mercado de luxo. No CEIRI NEWSPAPER escreve sobre temas relacionados ao Comércio e Economia Internacional.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!