LOADING

Type to search

Iniciativa Africa50: O Big Push na infraestrutura do Continente Africano

Share

Descrito como um Banco de Investimento para a Infraestrutura da África, a Iniciativa Africa50 foca nos projetos de infraestrutura nacional e regional de alto impacto, em áreas como energia, transporte, recursos hídricos, inovação e ciência & tecnologia.

Na semana passada, Dr. Donald Kaberuka, Presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD), que está no fim do seu mandato, “declarou que por muito tempo, os africanos eram reféns de recursos externos para financiar a estrutura do continente, mas que agora é a hora de mobilizar a poupança dos próprios africanos para construir a África de amanhã[1].

Durante o encontro periódico do 50º Encontro Anual do BAfD, o tema da infraestrutura foi mencionado por muitos especialistas como elemento chave necessário para manter o forte crescimento econômico em vários países do continente. Observaram que há muitas iniciativas de financiamento de infraestrutura, tanto no nível sub-regional, quanto no regional em todo a área continental, o que por um lado é bom, pois demonstra uma visão comum, mas também ressalta o caráter fragmentado destas ações.

Com uma capitalização de US$ 100 bilhões, os líderes africanos esperam que o BAfD colabore com um big push, de forma a desenvolver a infraestrutura da região, o verdadeiro Calcanhar de Aquiles para o crescimento econômico.

A Iniciativa Africa50 tem uma história muito curta. Ela foi concebida após a declaração dos Chefes de Estados Africanos, em 2012, sobre o Programa para o Desenvolvimento da Infraestrutura na África, para buscar soluções inovadoras e facilitar a entrega de facilidades na infraestrutura.

—————————————————————————————–

Imagem (Fonte):

https://www.afdb.org/assets/afdb/img/logo_print.png

—————————————————————————————–

Fonte Consultada:

[1] VerAll Africa”:

http://allafrica.com/stories/201506011217.html

Tags:
João Antônio dos Santos Lima - Colaborador Voluntário

Mestre em Ciência Política na Universidade Federal de Pernambuco e graduado em Relações Internacionais na Universidade Estadual da Paraíba. Tem experiência como Pesquisador no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) no projeto da Cooperação Brasileira para o Desenvolvimento Internacional (Cobradi). Foi representante brasileiro no Capacity-Building Programme on Learning South-South Cooperation oferecido pelo think-tank Research and Information System for Developing Countries (RIS), na Índia; digital advocate no World Humanitarian Summit; e voluntário online do Programa de Voluntariado das Nações Unidas (UNV) no projeto "Desarrollar contenido de opinión en redes sociales sobre los ODS". Atualmente, mestrando em Development Evaluation and Management na Universidade da Antuérpia (Bélgica) e Embaixador Online do UNV na Plataforma socialprotection.org.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.