LOADING

Type to search

Chávez e Calderon lançam Lula como candidato a assumir chefia de novo Órgão latino-americano

Share

No final da “Reunião de Cúpula do Grupo do Rio”, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, lançou a candidatura do Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, para ocupar a direção do novo organismo latino-americano, proposto durante a reunião que se encerrou dia 23 de fevereiro. Provisoriamente, este Órgão está sendo chamado de “Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos” (Celac).

Segundo divulgado pelo próprio Chávez, a proposta foi feita meio em tom de brincadeira, já que o presidente brasileiro ficará “desempregado” em 2011. Ressaltou, entretanto, que ele seria o mais capaz de assumir um cargo como este.

O presidente do México, Felipe Calderon, falou em tom sério e destacou que o presidente do Brasil é o mais capacitado a assumir o cargo diretivo de uma entidade que tem a pretensão de coordenar as ações conjuntas dos latino-americanos e, por isso, precisará de um líder com capacidade de mediação. A presidente Lula não deu respostas à proposta, embora tenha se mostrado agradecido.

Analistas têm acenado que, ao sair do governo e, dependendo dos resultados nas eleições presidenciais brasileiras de 2010, a principal meta de Lula será um cargo na ONU, possivelmente, Secretário Geral, e não em uma nova entidade latino-americana.

Contudo, dependendo da forma como transcorrerem, ao longo de 2010,  as questões sensíveis do Irã e do Oriente Médio, nas quais o Brasil está se envolvendo, talvez a pretensão seja afastada, ao menos temporariamente, e a proposta para chefiar a Celac deverá ser considerada de forma concreta.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!