LOADING

Type to search

Irã processa CEO do Telegram

Share

Abbas Jafari-Dolatabadi, Procurador-Geral do Irã, anunciou no dia 26 de setembro que o judiciário iraniano apresentou uma ação contra o CEO do Telegram, Pavel Durov. Dolatabadi declarou que o Telegram “presta serviços a grupos terroristas como o Estado Islâmico, criando uma plataforma adequada para as atividades de outros grupos, promovendo e facilitando a perpetração de pornografia infantil, tráfico de seres humanos e narcotráfico”.

No mesmo dia Pavel Durov declarou em seu canal no Twitter @durov: “estamos bloqueando ativamente conteúdo terrorista e pornográfico no Irã”. Ainda de acordo com o empresário russo, os moderadores do Telegram têm bloqueado aproximadamente 1.000 canais, bate-papos e bots com conteúdo terrorista ou pornográfico.

Acesso a internet no Irã

Este aplicativo de mensagens é o mais utilizado no país, com números superiores a 40 milhões de usuários. Devido a sua popularidade, existem muitas personalidades políticas, meios de comunicação e instituições iranianas com canais no Telegram, cada uma acompanhada por suas perspectivas e notícias.

Como os iranianos possuem acesso a uma gama mais limitada de serviços online, “a maioria dos usuários está focada no Instagram e Telegram como suas plataformas de comunicação”, já que esses dois aplicativos são os únicos, até o momento, que não são bloqueados pelo Governo. 

Apesar das limitações para acessar serviços online populares em todo o mundo, como YouTube, Facebook, Google e Apple, o Irã está passando por uma rápida transformação digital que se deve ao lançamento de uma banda larga móvel melhor e mais rápida, popularizada a partir de 2014, conforme destaca matéria da Rede Internacional de Jornalistas

A ação judicial iraniana contra o Telegram poderá desencadear o bloqueio do aplicativo no país, restando apenas o Instagram como meio de comunicação dos iranianos com o mundo.

———————————————————————————————–                    

Fontes das Imagens:

Imagem 1 Bandeira do Irã com símbolo do logo do Telegram” (Fonte):

http://www.ispazio.net/wp-content/uploads/2015/10/telegramiran-750×389.jpg

 Imagem 2 Acesso a internet no Irã” (Fonte): 

https://s3.amazonaws.com/digitaltrends-uploads-prod/2015/10/iran-mobile.jpeg

Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!