LOADING

Type to search

Islândia enfrenta segundo dia de protestos

Share

Ontem, 25 de fevereiro (2014), manifestantes protestaram pelo segundo dia consecutivo na praça Austurvöllur, nas proximidades do Alþingi, o “Parlamento da Islândia”, contra a decisão parlamentar de aprovar o término das negociações de adesão à União Europeia” (UE).

O Governo de coalizão, formado pelo Framsóknarflokkurinn” (“Partido Progressista”) e Sjálfstæðisflokkurinn (“Partido da Independência”), partidos que apresentam uma visão eurocética, obteve sucesso na última sexta-feira, dia 21, ao aprovar em votação o fim das negociações referentes a adesão do país à UE. O problema, de acordo com os manifestantes, reside no fato de que tal decisão deveria ocorrer através de uma consulta popular, conforme estabelecido pela coalizão antes das eleições parlamentares[1].

De acordo com pesquisa recente, cerca de 70% da população do país é a favor da realização de um Referendo para decidir sobre o futuro das negociações com a UE[2]. Este número se mantêm mesmo entre aqueles que apoiam o Partido Progressista” (68,9%) e o Partido da Independência” (65,3%). Cerca de 25 mil assinaturas já foram recolhidas em uma petição que busca a realização da consulta popular[3].

O país iniciou as negociações visando sua adesão à UE em 2010, sob a liderança do Samfylkingin (“Partido Social-Democrata”). Em 2013, as conversas envolvendo 11 dos 33 capítulos da legislação europeia já haviam sido concretizadas. Contudo, com as eleições parlamentares, no mesmo ano, uma maior aproximação com o Bloco europeu ficou cada vez mais distante[1].

——————————

Imagem (Fontes):

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/ab/Iceland_flag.jpg

——————————

Fontes consultadas:

[1] Ver:

http://www.jornal.ceiri.com.br/islandia-decide-abandonar-as-negociacoes-com-a-uniao-europeia/

[2] Ver:

http://euobserver.com/news/123255

[3] Ver:

http://grapevine.is/Home/ReadArticle/Most-Icelanders-Want-To-Vote-On-EU-Talks

Thiago Babo - Colaborador Voluntário

Mestrando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (Usp); Bacharel em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Puc-SP). Colaborador do Núcleo de Análise da Conjuntura Internacional (NACI) e do Núcleo de Estudos de Política, História e Cultura (Polithicult). Experiência profissional como consultor de negócios internacionais. Atua nas áreas de Política Internacional, Integração Europeia, Negócios Internacionais e Segurança Internacional. No CEIRI NEWSPAPER é o Coordenador do Grupo Europa.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!