LOADING

Type to search

Japão-Coreia do Sul: negociação territorial terá avanços significativos?

Share

Diplomatas japoneses e sul-coreanos entraram em acordo para avançar com negociações sobre a disputa territorial entre seus países na região. Shin’suke Sugi’yama, diretor geral coreano de assuntos referentes a Ásia e Oceania, junto com Pujin Yong, responsável para assuntos asiáticos do “Ministério das Relações Exteriores da Coreiaencontraram-se com o vice-ministro das Relações Exteriores do Japão, Kira Shuji, na cidade de Tokyo, capital japonesa.

 

O tema que está sendo discutido é a soberania sobre as ilhas de Dokdo (Takeshima, para o Japão). Esta disputa que não teve avanço relevante, mas foi responsável pela deterioração das relações entre Seul e Tokyo desde que o presidente sul-coreano Lee Myung-bak visitou a ilha em agosto do ano passado (2011).

Deste encontro, notícias positivas são aguardadas, pois na Coreia do Sul, abrir mão das ilhas está praticamente fora de cogitação e para manter seu discurso, o Governo coreano até obteve mapas japoneses que não incluem a ilha sob domínio do Japão. Assim como a China, a Coreia do Sul está apresentando todos os documentos históricos de antes e doPós Segunda Guerra Mundial”, períodos da expansão do “Império do Japão” e da decadência do mesmo, respectivamente.

Conforme apontam muitos observadores internacionais, resta aguardar para saber se o Japão continuará se isolando regionalmente devido à herança de sua expansão imperial ou se haverá abertura para uma negociação que atenda ao mínimo de exigências de todos os envolvidos.

—————————-

Imagem – Fonte (Wikipédia):

http://pt.wikipedia.org/wiki/Rela%C3%A7%C3%B5es_entre_Coreia_do_Sul_e_Jap%C3%A3o

—————————-

Fontes:

Ver:

http://spanish.yonhapnews.co.kr/news/2012/10/24/0200000000ASP20121024002100883.HTML

Ver:

http://espanol.cntv.cn/program/Noticiario/20121102/102304.shtml

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.