LOADING

Type to search

Share

O Governo japonês iniciou medidas para aprimorar os procedimentos de monitoramento da possível entrada do Vírus Ebola no país. Além de ter uma iniciativa para proteger o povo, sua indústria produz uma droga antiviral que será testada por franceses na Guiné, país africano.

O Ministério do Trabalho e Saúde do Japão criou um canal para monitorar e se comunicar com quaisquer japoneses ou estrangeiros que tiveram passagens pelos países africanos em que o vírus foi confirmado. Ressalte-se que a entrada de pessoas no Japão é realizada indiferentemente se tiveram ou não contato com pessoas infectadas pelo Ebola.

Além de medidas internas, a droga Favipiravir, desenvolvida pela Fujifilm Corporation, foi anunciada como meio de combate à ser utilizado pelo Instituto Nacional de Pesquisa Médica e Saúde da França. A droga, que já existe em grandes proporções, será testada no combate do Vírus nas clínicas existentes em toda a Guiné.

O número de japoneses existentes na África, decorrente de seus programas de cooperação, e o grande número de traslados nos aeroportos japoneses deixa o Governo mais atento para a criação e meios que impeçam quaisquer formas de o vírus chegar ao Japão.

—————————————————————————-

Imagem (Fonte):

http://www.mundo-nipo.com/ultimas-noticias/25/08/2014/japao-disponibiliza-medicamento-experimental-contra-o-ebola/

—————————————————————————-

Fontes Consultadas:

VerTV NHK Japan”, disponível resumo eletrônico:

http://www3.nhk.or.jp/nhkworld/portuguese/top/news03.html

VerTV NHK Japan”, disponível resumo eletrônico:

http://www3.nhk.or.jp/nhkworld/portuguese/top/news04.html

Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!