LOADING

Type to search

Japão rejeita ser membro-fundador do Banco de Desenvolvimento criado pela China

Share

Ontem, terça-feira, dia 31 de março de 2015, o Governo japonês anunciou que não vai aderir como membro fundador ao Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas (AIIB), criado pela China, e persistiu em mostrar preocupação sobre a transparência das operações desta nova entidade.

Em declarações citadas pela agência Kyodo e replicadas pela agência Bloomberg, o Ministro das Finanças, Taro Aso, declarou que “Não temos outra opção senão ser prudentes sobre a nossa participação (no AIIB)[1].

O Governo japonês mostrou-se reticente não só em relação à transparência do novo Banco de Desenvolvimento, mas também em relação a ameaça que a organização pode representar, reduzindo a influência dos EUA e do Japão no grupo do Banco Mundial (BM) e Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD)[1].

A decisão do Ministro japonês ocorre em um momento no qual mais de 40 países já aderiram como membros fundadores, incluindo estados como o Reino Unido, Alemanha, Itália, França, Rússia e Brasil.

————————————————————————————

Imagem (Fonte):

https://www.forexinfo.it/IMG/arton26086.jpg

————————————————————————————

Fontes Consultadas:

[1] Ver:

http://www.bloomberg.com/news/articles/2015-03-31/japan-holds-out-on-joining-china-led-aiib-as-deadline-arrives

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!