LOADING

Type to search

Jornais espanhóis criticam manifestações na Espanha

Share

Neste último sábado, dia 21 de maio, milhares de pessoas voltaram a protestar em cidades ao redor da Espanha contra o índice de desemprego e medidas de austeridade. Em resposta ao apelo da plataforma “Democracia Real Ya”, os manifestantes foram mobilizados por meio de redes sociais como o “Twitter” (#Spanishrevolution ou #nolesvotes) e o “Facebook”.

 

O protesto começou em Madri há seis dias na principal praça da capital, a “Puerta del Sol”. Os manifestantes desafiaram uma proibição da “Comissão Eleitoral da Espanha”, que ordenou sua retirada da praça até a meia-noite de sexta-feira, dia 20 de maio, quando entrou em vigor a proibição contra manifestações por conta das eleições locais de domingo, 22 de maio.

Na primeira página, o conservador diário espanhol “El Mundo” reagiu afirmando que “surpreendentemente, os manifestantes não protestam contra o Governo, mas contra o sistema vigente, sem identificar responsáveis”. De acordo com a mídia local, os manifestantes defendem uma “verdadeira democracia” com uma mudança que acabe com a “oligarquia partidária”.

 

 

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!