LOADING

Type to search

Marcado para outubro o 19º Congresso do Partido Comunista da China

Share

Está marcado para o dia 18 de outubro (2017) o 19º Congresso do Partido Comunista da China (PCC) que decidirá importantes cargos do Comitê Central do Governo (Politburo) para os próximos cinco anos. O evento é de frequência quinquenal e previsões estimam a participação de 2.300 oficiais de cúpula. O Congresso analisará a situação internacional e doméstica da China visando à construção de um planejamento estratégico e de novos direcionamentos para as políticas públicas do país.

Xi Jinping, mandatário da China

O atual Presidente da China, Xi Jinping, deverá permanecer no cargo até o ano de 2022. No ano passado (2016) o mandatário recebeu o título de líder central do PCC, acumulando ainda as posições de Secretário Geral, Presidente da República Popular da China e Chefe da Comissão Militar. No que diz respeito à estrutura da burocracia chinesa, isto o coloca no mesmo nível de poder e influência de figuras emblemáticas como Deng Xiaoping* (mandato de 1978-1992).

Este evento reflete a visão de toda a elite da classe política do país. Espera-se que metade dos membros do Politburo sejam substituídos: cinco dos sete membros do Comitê Central e 11 dos 25 membros gerais. Aponta-se que neste quadro poderá se encontrar o sucessor de Xi Jinping. Por outro lado, existe especulação de que o atual mandatário pretenda permanecer próximo ao poder por mais tempo, na figura de Secretário Geral do Partido, um cargo de notável senioridade.

Divisão administrativa do Estado chinês

A postura externa mais assertiva que a China adotou no governo atual poderá ser desafiada ao passo que o país possui extensas reformas a serem realizadas no seu contexto doméstico,  tais como a reforma das empresas estatais, a melhoria dos índices de endividamento do Estado chinês e o desafio de transição do modelo econômico. O Congresso de Outubro será um teste para a coesão política do Partido e para o poder de decisão do Presidente acerca dos rumos do país.

Por fim, nele se delinearão medidas que visam alcançar os objetivos primordiais de tornar a China uma sociedade moderadamente próspera até 2021 (centenário do PCC) e tornar-se uma sociedade socialista moderna até o ano de 2049 (centenário da fundação da República Popular da China), simbolizada em: “uma sociedade próspera, forte, democrática, culturalmente avançada e harmoniosa”, nas palavras de Xi Jinping. Este é o processo de rejuvenescimento da Nação e o “Sonho Chinês” para as próximas décadas, aspectos centrais do rumo político do país. 

———————————————————————————————–                    

Notas e Fontes consultadaspara maiores esclarecimentos:

Deng Xiaoping é conhecido como o mandatário responsável por iniciar as reformas econômicas de abertura e reestruturação da economia chinesa no final dos anos 1970. A criação de Zonas Econômicas Especiais em áreas costeiras ao leste e o direcionamento da produção industrial para as exportações são alguns dos fatores mais mencionados no êxito deste processo.   

———————————————————————————————–                    

Fontes das Imagens:

Imagem 1 Imagem do 18º Congresso Nacional do Partido Comunista da China ” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/9/98/18th_National_Congress_of_the_Communist_Party_of_China.jpg

Imagem 2 Xi Jinping, mandatário da China” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/fa/Xi_Jinping%2C_BRICS_summit_2015_01.jpg

Imagem 3 “Divisão administrativa do Estado chinês” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/c/c9/China_administrative.png

Ricardo Kotz - Colaborador Voluntário

Mestrando no programa de Pós Graduação em Relações Internacionais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), atuando na linha de Economia Política Internacional. Possui especialização em Estratégia e Relações Internacionais Contemporâneas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Graduado em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Agente consular junto ao Consulado Honorário da França em Porto Alegre, atuando paralelamente no escritório RGF Propriedade Intelectual, no período de 2013-2015.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.