LOADING

Type to search

Share

De acordo com informações publicadas pelo portal “Angop”*, o Marrocos solicitou apoio de “São Tomé e Príncipe” para obter o estatuto de observador da “Comunidade dos Países de Língua Portuguesa” (CPLP).

 

De acordo com a nota, o apoio são-tomense à integração marroquina como membro observador foi solicitado pelos presidentes da Assembleia e do Senado daquele país que recebeu o Primeiro-Ministro de “São Tomé e Príncipe”, Patrice Trovoada, durante a visita ao Marrocos.

Na reunião entre os dois “Chefes de Governo” foram debatidas as mudanças constitucionais no Marrocos; o apoio do governo são-tomense na resolução do conflito no “Saara Ocidental” e a “Cooperação Bilateral”, em particular no turismo, formação, transportes aéreos e apoio ao orçamento.

Com relação as mudanças constitucionais no Marrocos, aprovada pelo “Conselho de Ministros” (que é presidido pelo Rei), a nova Constituição diz que o rei Mohamed VI continuará tendo o controle total sobre assuntos militares e religiosos, mas terá de escolher um Primeiro-Ministro obrigatoriamente do partido que vencer as eleições parlamentares.

As reformas também permitem que o “Chefe de Governo” presida reuniões do “Conselho de Ministros”, podendo nomear governadores de províncias e embaixadores, poder que anteriormente era exclusivo do Monarca. Mesmo com as mudanças, Mohamed VI continuará com o poder de dissolver o “Parlamento” – assim como o premiê – e convocar novas eleições, mas apenas após consultar a nova “Corte Constitucional”, cuja metade dos membros é nomeada por ele e metade pelo Parlamento.

Nesta pós-reforma constitucional, os marroquinos procuram ampliar suas relações externas e vêem na CPLP uma ampla gama de futuras possibilidades comerciais e Cooperação.

———————————

*Fonte Consultada:

http://www.portalangop.co.ao/motix/pt_pt/noticias/africa/2012/2/13/Marrocos-pede-apoio-para-aderir-CPLP,fa6d62f4-9ae5-49b2-81ae-5d8f7aa68879.html

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!