LOADING

Type to search

[:pt]Novas eleições são marcadas na Macedônia[:]

Share

[:pt]

Após serem postergadas por duas vezes, as Eleições Parlamentares na Macedônia foram decididas para dezembro deste ano (2016). Os líderes do Governo interino, recém-formado pelos principais partidos, chegaram em um acordo na última quarta-feira (31 de agosto). Nikola Gruevski, líder do VMRO; Zoran Zaev, do Partido Social Democrata; Ali Ahmeti, da União Democrática para a Integração; e Menduh Thaci, do Partido Democrático dos Albaneses, decidiram a data do Sufrágio para 11 de dezembro, próximo.

O atual Governo interino, composto pelos Partidos que decidiram as eleições, acordou que todos os funcionários que ocupavam cargos ministeriais automaticamente se tornam Vice-Ministros nos cargos em que o Partido Social Democrata está a assumir. Por mãos desse Governo, as eleições “competitivas e livres” vão ser organizadas em conformidade com o acordo feito com a União Europeia, no mês de julho de 2015.

O mais recente caso de crise política foi iniciado no ano de 2015, quando o então Primeiro-Ministro, Nikola Gruevski, acabou sendo pego em um escândalo de grampos telefônicos. As evidências sugerem que conversas foram gravadas com o auxílio dos serviços de inteligência nacionais, beneficiando Gruevski (do partido VMRO DPMNE) e seus aliados políticos, totalizando cerca de vinte mil pessoas grampeadas – incluindo políticos, jornalistas e líderes religiosos.

Em meio aos processos de delações e averiguação do caso, protestos irromperam na capital Skopjie e em diferentes cidades do país – muitos deles capitaneados por membros oposicionistas, como Zoran Zaev (sendo um dos principais delatores do caso). Quando alguns desses protestos se tornaram violentos, uma Comissão liderada pela União Europeia interveio para a primeira tentativa de mediação da crise. O resultado dessas mediações culminou nos Acordos de Pržino, assinados em julho de 2015. A principal disposição se deu em um arranjo de novas Eleições Parlamentares, inicialmente marcadas para este mês, junho de 2016. Em paralelo, a UE instituiu a nomeação de um Procurador Especial para a investigação das evidências dos casos dos grampos telefônicos.

———————————————————————————————–                    

ImagemMacedonian parliament interior” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/21/Macedonian_parliament_interior.jpg

[:]

Matheus Felten Fröhlich - Colaborador Voluntário Júnior

Mestrando em Ciências Sociais pela PUC-RS. Bacharel em Relações Internacionais (2014), pelo Centro Universitário Univates de Lajeado - RS, realizou estudos em Segurança Internacional na Högskolan i Halmstad em Halmstad, Suécia (2013). Áreas de interesse em pesquisa são em Política Internacional, Segurança Internacional, Península Balcânica e etnias nas Relações Internacionais.'

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!