LOADING

Type to search

O efeito ‘Holanda-Hollande’

Share

Em resposta aos últimos acontecimentos políticos na Europa, a segunda-feira foi marcada por fortes quedas das bolsas ao longo do mundo. A percepção dos investidores foi abalada pela “vitória” de movimentos contrários aos “planos de austeridade” – necessários, de acordo com a “União Européia”, para por um fim à crise que assombra a Europa.

 

Na França, o candidato socialista François Hollande, que defende o início de uma discussão sobre a real efetividade dos “planos de austeridade”, venceu o primeiro turno das eleições presidenciais, deixando o atual presidente, Nicolas Sarkozy, para trás.

Sarkozy foi um dos responsáveis, juntamente com Angela Merkel, pela implementação do “plano de austeridade” para a Europa (embora tenha defendido, em campanha, a necessidade de se repensar tal ação). Já na Holanda, o governo de Mark Rutte pediu demissão e convocou novas eleições, após a não aprovação do “pacote de austeridade” no Parlamento.

As ações de commodities apresentaram fortes quedas. Juntamente, o mercado de petróleo foi igualmente afetado – além dos problemas políticos, tal mercado foi abalado pelos fracos indícios de crescimento industrial na Europa e na China, um dos maiores consumidores de energia.

Em Nova York, o preço do barril de petróleo, para entrega em Junho, caiu 0,74%; em Londres, o índice negativo do barril de petróleo Brent foi de 0,04%*. Na “Bolsa de Frankfurt”, o índice DAX fechou em 3,36% negativo; em Paris, o índice “CAC 40” caiu 2,83%; em Milão, o índice “FTSE MIB” mostrou valor negativo de 3,83%; em Londres, 1,85% de queda no índice FTSE; e, em Madrid, o índice Ibex fechou em baixa de 2,76%**.

——————

Fontes:

* Ver:

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1080434-petroleo-cai-com-eleicao-na-franca-e-renuncia-na-holanda.shtml

** Ver:

http://economia.estadao.com.br/noticias/ae-mercados,bolsas-da-europa-fecham-no-menor-nivel-em-tres-meses,110109,0.htm

Tags:
Thiago Babo - Colaborador Voluntário

Mestrando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (Usp); Bacharel em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Puc-SP). Colaborador do Núcleo de Análise da Conjuntura Internacional (NACI) e do Núcleo de Estudos de Política, História e Cultura (Polithicult). Experiência profissional como consultor de negócios internacionais. Atua nas áreas de Política Internacional, Integração Europeia, Negócios Internacionais e Segurança Internacional. No CEIRI NEWSPAPER é o Coordenador do Grupo Europa.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.