LOADING

Type to search

O primeiro “Dia Internacional do Esporte para o Desenvolvimento e para a Paz”

Share

Reconhecidamente, o esporte tem contribuído de forma acentuada para o desenvolvimento humano, diminuição de desigualdades e para promoção da paz no cenário internacional, algo que podem comprovar inúmeras ações que se utilizam do esporte como ferramenta, a exemplo do “Football for Hope”. Tendo em vista esta potencialidade do esporte, a “67ª Assembleia Geral das Nações Unidas” aprovou por consenso, em agosto de 2013, a criação do “Dia Internacional do Esporte para o Desenvolvimento e para a Paz”, que será celebrado, anualmente, no dia “6 de Abril”, e será comemorado pela primeira vez em 2014. Deve-se ter em mente, porém, que esta data não foi aleatoriamente escolhida, mas sim que esta foi uma forma de associar o passado olímpico ao presente, haja vista que nesta mesma data, em 1896, se deu a abertura dos primeiros “Jogos Olímpicos da Era Moderna”, disputados na Grécia.

Em que pese o esporte não ser capaz de solucionar todos os males mundiais, este pode contribuir de forma bastante positiva para resolução de inúmeros problemas sociais, ou, nas palavras de Ban Ki-moon, “Secretário Geral das Nações Unidas”: “o esporte tem se transformado em uma língua universal, um denominador comum que põe abaixo paredes e derruba várias barreiras. É uma indústria mundial que pode impactar todo o mundo. Acima de tudo, é uma poderosa ferramenta para o progresso e para o desenvolvimento”*[1](tradução do autor).  

Assim, a ONU, por intermédio da adoção do dia “6 de Abril” como o “Dia Internacional do Esporte para o Desenvolvimento e para a Paz”, reconhece, de forma contundente, a influência positiva que o esporte pode ter no desenvolvimento social e econômico, bem como no avanço dos direitos humanos.

Cabe ressaltar que o “Dia Internacional do Esporte para o Desenvolvimento e para a Paz” se embasa no trabalho que vem sendo desenvolvido em escala mundial pelo COI, pelos Comitês Olímpicos Nacionais, Federações Nacionais e Internacionais, clubes, organizações governamentais e não governamentais, bem como por outras entidades e indivíduos que acreditam que o esporte é uma ferramenta eficiente para promover mudanças sociais.

Desta forma, entende o COI e a ONU que este Dia propicia uma nova oportunidade para promover o esporte e a atividade física como uma linguagem universal que pode ser utilizada em uma gama de necessidades relacionadas à educação, saúde, inclusão social, desenvolvimento infantil, construção da paz e desenvolvimento sustentável. Outrossim, ainda contribui para estimular os governos nacionais a investirem no esporte.

Seguindo os princípios do COI, que atua em parceria com a ONU na promoção do esporte como ferramenta de desenvolvimento humano, inúmeras iniciativas têm se destacado no cenário internacional. Como exemplo, pode-se citar a atuação da “Confederação Alemã de Esportes Olímpicos”, que organiza um grande número de atividades na Ásia, África e “América Latina” voltadas para inclusão social de crianças carentes por intermédio do futebol e a busca pela afirmação da igualdade de gênero por intermédio do críquete no Nepal.

Tais atividades aqui exemplificadas se coadunam com as mensagens chaves a serem destacadas pelo “Escritório das Nações Unidas de Esporte para o Desenvolvimento e para a Paz” (UNOSDP, no Inglês) durante a celebração do “Dia Internacional do Esporte para o Desenvolvimento e para a Paz”, quais sejam: o poder do esporte para aprimorar a qualidade de vida de crianças e jovens; o poder do esporte para inclusão social de todos, sem quaisquer distinções; o poder do esporte para impulsionar a igualdade de gênero; por último, o poder do esporte para melhorar a saúde física e mental.

Por fim, a criação do “Dia Internacional do Esporte para o Desenvolvimento e para a Paz” vem reforçar a colaboração entre o COI e a ONU, por intermédio da qual se tem impulsionado sobremaneira a aceitação do esporte como forma de promover as “Metas de Desenvolvimento do Milênio” da ONU. Em adição, esta colaboração entre as duas Organizações mostra que ambas compartilham de valores e princípios.

———————————-

* Original em inglês: “Sport has become a world language, a common denominator that breaks down all the walls, all the barriers. It is a worldwide industry whose practices can have widespread impact. Most of all, it is a powerful tool for progress and for development”.

———————————-

ImagemA Força do Esporte como Motor do Desenvolvimento Humano e da Paz” (Fonte):

http://www.un.org/wcm/content/site/sport/home/unplayers/unoffice/idsdp

———————————-

Fontes consultadas:

[1] Ver:

http://www.un.org/wcm/content/site/sport/home/unplayers/unoffice/idsdp

———————————-

Ver também:

http://www.sportanddev.org/en/newsnviews/international%5Fday/five%5Fkey%5Fmessages/

Ver também:

http://www.olympic.org/idsdp

Mario Joplin - Colaborador Voluntário

Mestre em Relações Internacionais pela UERJ, Especialista em História das Relações Internacionais e Bacharel em Ciências Econômicas pela UFRJ. Possui experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Política Internacional e Formação Econômica Brasileira. Foi bolsista de FAPERJ por um ano e Bolsista de Vocação para Diplomacia do Instituto Rio Branco (IRBr) por 4 (quatro) anos. Áreas de interesse: Esporte e Relações Internacionais; Diplomacia Futebolística; e Soft Power e Política Externa.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.