LOADING

Type to search

OMC faz declaração sobre subsídios americanos à Boeing

Lucas Leite 14 de março de 2012
Share

A “Organização Mundial de Comércio” (OMC), por meio de seu órgão de apelações, declarou que a fabricante de aviões norte-americana Boeing recebeu subsídios ilegais de até 4 bilhões de dólares. Os recursos teriam sido aplicados na companhia por meio de “bolsas federais de pesquisa” e “incentivos fiscais” de estados e municípios dos Estados Unidos. A declaração também levanta a possibilidade da fabricante europeia Airbus ter sido prejudicada por causa dos subsídios.

 

A Airbus ainda saiu vitoriosa no sentido de que o órgão de apelações comprovou sua alegação de que a Boeing usaria instalações da NASA (“Agência Espacial Norte-Americana”) e recursos da “Secretaria da Defesa” para fins particulares. Dessa forma, a empresa norte-americana teria violado as normas do “Acordo sobre Subsídios e Medidas Compensatórias”.

Apesar disso, o representante norte-americano de “Comércio Exterior”, Robert Kirk, afirmou que a decisão é favorável à empresa de seu país. Segundo ele, isso provaria a tese de que os subsídios aplicados pelos europeus na Airbus superam em muito os que o governo dos Estados Unidos distribuíram em isenções e recursos para a Boeing, em torno de 18 bilhões de dólares, que teriam feito a empresa dos EUA perder em competitividade nas vendas.

——————

Fontes:

* Ver:

http://economia.estadao.com.br/noticias/economia,omc-descobre-ate-us4-bi-em-subsidios-dos-eua-a-boeing,105713,0.htm

** Ver:

http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/03/omc-diz-que-boeing-recebeu-subsidios-ilegais-dos-eua.html

Tags:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.