LOADING

Type to search

ONGs da CPLP lançam campanha contra adesão da “Guiné Equatorial” na Comunidade

Share

Na próxima Cimeira da “Comunidade dos Países de Língua Portuguesa” (CPLP), que será realizada em julho, a atual presidência moçambicana do Grupo terá em pauta como temas principais a “segurança alimentar” e a “adesão da Guiné Equatorial”.

 

Domingos Simões Pereira, “Secretário Executivo da CPLP”, numa reação às posições assumidas por “Organizações Não-Governamentais (ONGs) contra a adesão da “Guiné Equatorial” à CPLP, declarou que é preciso também respeitar “a responsabilidade”* com que os “Chefes de Estado” e “Chefes de Governo” têm tratado o assunto desde a candidatura daquele país, em 2004, situação que tem merecido uma constante apreciação dos critérios da organização.

Ressaltou o dirigente:
“Se, até hoje, eles (chefes de Estado e de governo) chegam à conclusão de que os critérios não estão completamente reunidos para uma avaliação positiva, espero que a próxima decisão que será tomada mereça respeito por parte da nossa comunidade incluindo a sociedade civil”*.

ONGs de “São Tomé e Príncipe”, “Cabo Verde”, Brasil e Portugal lançaram na semana passada uma campanha contra a adesão da “Guiné Equatorial” à CPLP, apelando para que seja recusada a candidatura do país na próxima Cimeira da Organização, em 20 de julho, em Maputo, Moçambique, alegando que o Regime político do país é um dos mais violentos na África.

————————-

Fontes Consultadas:

* Ver:

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=562837

————————- 

Ver Também:

http://www.cplp.org/id-468.aspx

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.