LOADING

Type to search

Organismo de Cooperação Financeira Alemã confirma a continuidade do crescimento da cooperação para o desenvolvimento

Share
No início da década de 1960, o Banco Alemão KFW adicionou uma nova área em sua organização: Assistência aos Países em Desenvolvimento.  O objetivo é apoiar os países em desenvolvimento em nome do governo alemão. Inicialmente, o foco de seu trabalho foi sobre os grandes projetos de infra-estruturas, nos domínios do abastecimento de energia, transporte e irrigação. Acrescentou-se a isso o fornecimento de linhas de crédito aos bancos de desenvolvimento local, permitindo-lhes apoiar os projetos de investimento de seus clientes.

A partir de 1970 começou a assistência ao desenvolvimento, centrando-se em auxiliar os países em desenvolvimento para melhorar suas condições de vida econômica e social, com a construção de escolas, estações de saúde, entre outras atividades.

Após o ano 2000 as micro-finanças começaram a crescer, pois aumentou a percepção de que esta é uma alternativa que traz oportunidades à população para construir uma vida segura com iniciativa própria.

Atualmente, o KFW, estando consolidado como Organismo dedicado à Cooperação Financeira para o Desenvolvimento, está adaptado às necessidades específicas das populações de seus países parceiros. Apesar da atual conjuntura de crise mundial, ele afirmou que continuará adicionando seus fundos e confirmou que manterá a fiabilidade da sua cooperação com os países emergentes.

Além do tradicional trabalho, o KFW agora se apresenta como líder mundial no financiamento das energias renováveis nos países em desenvolvimento, como indica o Global Status Report, publicado pela REN21, uma rede de energia renovável com base em Paris.

 

As tecnologias renováveis abrangidas por este apoio incluem: parques eólicos, energia solar, biomassa, usinas hidrelétricas e energia geotérmica. A maior parte dos financiamentos vem do orçamento do Ministério Federal Alemão para Cooperação Econômica e Desenvolvimento (BMZ) e é complementada por fundos próprios do KFW.

 

 

 

De acordo com a International Climate Initiative (ICI), o KFW está atuando como parceiro do Ministério Federal Alemão para o Meio Ambiente, Conservação da Natureza e Segurança Nuclear (BMU) no fornecimento de fundos adicionais para os países em desenvolvimento atingidos pelas alterações climáticas. Estes fundos são entregues na forma empréstimos e subvenções com baixas taxas de juros para investimento na proteção do clima, especialmente nos domínios da eficiência energética, energias renováveis e medidas de adaptação.

 

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!