LOADING

Type to search

[:pt]Panorama sobre os primeiros projetos do Banco Asiático de Infraestrutura e Investimentos (AIIB): Paquistão, Índia, Bangladesh, Tadjiquistão e Indonésia[:]

Share

[:pt]

No dia 25 de junho deste ano (2016), ocorreu a primeira reunião anual dos membros do Banco Asiático de Infraestrutura e Investimentos (AIIB, na sigla em inglês), em Pequim, na China, cidade sede da Instituição. Nessa mesma ocasião, foram anunciados os primeiros projetos que serão financiados por ele. Atualmente, existem seis projetos aprovados, envolvendo investimentos no Paquistão, na Índia, em Bangladesh, no Tadjiquistão e na Indonésia.

Pretende-se realizar a ampliação de uma usina hidrelétrica no Paquistão, além a construção de uma rodovia de quatro pistas, que terá a extensão de 64 quilômetros, ligando as cidades de Shorkot e Khanewal, na província de Punjab, no mesmo país. Estima-se que o conjunto destes projetos alcance o montante de US$ 660 milhões.

Na Índia, o projeto em andamento consiste na instalação de novas redes de transmissão de energia elétrica para a região Sul do país, que sofre com regulares episódios de falta de energia. O projeto está sendo conduzido pela Empresa Nacional de Energia Elétrica da Índia e alcançará o montante de US$ 289,2 milhões, sendo que US$ 150,0 milhões foram financiados pelo AIIB.

Em Bangladesh o projeto consiste na expansão de linhas de energia, visando à criação de mais de 2,5 milhões de postos de abastecimento, capazes de prover eletricidade para 12,5 milhões de pessoas que habitam em áreas rurais. Os custos estimados alcançam o montante de US$ 262 milhões, sendo que US$ 165 milhões foram financiados pelo AIIB.

No Tadjiquistão, o projeto foi financiado em conjunto com o Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento e consiste na reabilitação de um trecho de cinco quilômetros de rodovias, na fronteira com o Uzbequistão.
Na Indonésia o projeto foi financiado em conjunto com o Banco Mundial e consiste na reforma de diversos aspectos infraestruturais e sanitários de favelas localizadas em mais de 154 cidades, havendo a expectativa de afetar 9,7 milhões de pessoas.

As participações de outros Bancos Multilaterais de Desenvolvimento (BMD) nos financiamentos do AIIB têm um impacto positivo na imagem de que esta instituição não visa contestar a ordem vigente, mas complementar a ação dos organismos existentes. Além disso, o financiamento em conjunto permite que haja a troca de experiências e boas práticas que podem levar à maior efetividade das ações do AIIB.

O Banco Asiático de Infraestrutura e Investimentos conta com 57 membros, sendo que mais de 30 países estão aguardando para aderir a ele. A China, a Índia e a Rússia são os países com maior participação acionária, e, por consequência, com maior poder de voto nas decisões da instituição. Suas participações de votos são de 26%, 7,5% e 5,9%, respectivamente.

Aponta-se que os investimentos globais em infraestrutura alcançam o montante aproximado de US$ 2,5 trilhões anualmente, sendo que seriam necessários US$ 3,3 trilhões anuais para que o atual ritmo de crescimento seja mantido. Assim, as ações dos Bancos Multilaterais têm muito a contribuir para o cenário de desenvolvimento da economia global, que se encontra em ritmo de desaceleração.

———————————————————————————————–                    

Imagem (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/0e/AIIB_logo.png

[:]

Ricardo Kotz - Colaborador Voluntário

Mestrando no programa de Pós Graduação em Relações Internacionais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), atuando na linha de Economia Política Internacional. Possui especialização em Estratégia e Relações Internacionais Contemporâneas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Graduado em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Agente consular junto ao Consulado Honorário da França em Porto Alegre, atuando paralelamente no escritório RGF Propriedade Intelectual, no período de 2013-2015.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!