LOADING

Type to search

Está próxima a chegada de observadores estrangeiros para as eleições no Haiti

Share

Segundo o chefe civil da “Missão das Nações Unidas no Haiti”, o embaixador Edmund Mullet, a “Organização dos Estados Amercianos” (OEA) e a “Comunidade do Caribe” (CARICOM) enviarão nos próximos dias mais de 300 delegados para observar as eleições no Haiti.

Para o ex-senador Turneb Delpe, a presença destes delegados não pode ser considerada como uma garantia para realizar eleições democráticas. Disse que as missões precedentes de observação eleitoral da OEA aprovaram eleições fraudulentas no passado.

Por sua parte, o senador do “Partido do Haiti em Ação” saúda esta iniciativa da OEA e da CARICOM, alegando que constitui um aspecto técnico no processo eleitoral. Ao mesmo tempo enfatiza sobre o aspecto político do processo, deplorando que o representante do “Secretário Geral” não fez nada para facilitar um diálogo entre os atores. O senador segue reclamando sobre a admissão dos membros do “Tribunal Eleitoral” por suas presumidas parcialidades a favor do regime do Presidente Preval.

ORIGINAL

POLITICA E COOPERACION INTERNACIONAL – Llegada próxima de observadores extranjeros para las elecciones en Haití

Según el jefe civil de la misión de las naciones unidas  en Haití, el embajador Edmond Mullet, la OEA y el CARICOM  enviaran en los próximos días mas de 300 delegados para observar las elecciones en Haití. Para el ex senador Turneb Delpe, la presencia de estos delegados no puede ser considerada como una garantía para realizar elecciones democráticas. Dijo que las precedentes misiones de observación electoral de la OEA han aprobados elecciones fraudulentas en el pasado.

Por su parte, el senador del Partido Haití en Acción, acoge esta iniciativa de la OEA y del CARICOM (Comunidad Caribeña) alegando que constituye un aspecto técnico en el proceso electoral. Al mismo tiempo enfatiza sobre el aspecto  político del proceso deplorando que el representante del secretario general no ha hecho nada para facilitar un dialogo entre los actores. El senador sigue reclamando la dimisión de los miembros del tribunal electoral por sus presumidas parcialidades a favor del régimen del Presidente Preval.

Tags:
Jean Garry - Porto Príncipe (Haiti)

De nacionalidade haitiana, é formado em Marketing pela Universidad Interamericana de Santo Domingo, possui Pós-Graduação em Gestão de Projetos Sociais pela Universidad Autónoma de Santo Domingo e Mestrado em Economia pela Universidad Internacional de Andalucía (Espanha). É graduado no Curso de Gerenciamento Social do Instituto de Desenvolvimento Social (INDES) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em Washington, e do curso Gestão Estratégica do Desenvolvimento Social e Regional da Comissão Econômica para América Latina (CEPAL) em Santiago do Chile. Tem experiência como Gerente de Marketing em diversas empresas privadas e trabalhou como consultor em Desenvolvimento Comunitário do Ministério de Obras Públicas do Haiti e em diversos projetos de desenvolvimento.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.