LOADING

Type to search

O chefe da “Missão Civil das Nações Unidas no Haiti” apresenta desculpas

Share

Edmund Mulet, chefe da “Missão Civil das Nações Unidas no Haiti” apresentou as desculpas da Missão, depois da intervenção armada de um grupo de “capacetes azuis” brasileiros na “Faculdade de Etnologia da Universidade do Estado Haitiano”, em busca de um estudante acusado de lançar pedras contra uma patrulha militar.

O diplomata guatemalteco disse lamentar este fato que provocou uma onda de nacionalismo de parte dos estudantes e diversos setores do país. Sustentou que este ato provocou uma resposta hostil e alheia ao verdadeiro papel da Missão. Os “capacetes zuis” não tinham que entrar no recinto de uma universidade, que é inviolável segundo a Constituição haitiana e sagrada, segundo os princípios de autonomia da Universidade.

É importante para a Missão velar o respeito da cultura e dos valores nacionais, no marco de uma cooperação exitosa, e tomar as medidas para que os militares da Missão responsáveis por este fato sejam responsabilizados de acordo com a Lei.

ORIGINAL                  

POLÍTICA Y COOPERACIÓN INTERNACIONAL – El jefe de la misión civil de las naciones unidas en Haití presenta excusas

Edmond Mulet, jefe de la misión civil de las naciones unidas en Haití presenta las excusas de la misión después de la intervención armada de un grupo de cascos azules brasileños en la facultad de etnología de la universidad del estado haitiano en búsqueda de un estudiante acusado de lanzar piedras en contra de una patrulla militar.

El diplomático guatemalteco dijo lamentar este hecho que ha provocado una ola de nacionalismo de parte de los estudiantes y diversos sectores del país. Sostiene que este acto provoca una respuesta hostil y aleja la misión de su verdadero papel, los cascos azules no tenían que entrar en el recinto de una universidad que es  inviolable según la constitución haitiana y sagrada según los principios de la autonomía de universidad.

Es importante para la misión de velar al respecto de la cultura y de los valores nacionales en el marco de una cooperación exitosa  y tomar las medidas para que los militares de la misión responsables de este hecho sean castigados de acuerdo a la ley. 

Tags:
Jean Garry - Porto Príncipe (Haiti)

De nacionalidade haitiana, é formado em Marketing pela Universidad Interamericana de Santo Domingo, possui Pós-Graduação em Gestão de Projetos Sociais pela Universidad Autónoma de Santo Domingo e Mestrado em Economia pela Universidad Internacional de Andalucía (Espanha). É graduado no Curso de Gerenciamento Social do Instituto de Desenvolvimento Social (INDES) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em Washington, e do curso Gestão Estratégica do Desenvolvimento Social e Regional da Comissão Econômica para América Latina (CEPAL) em Santiago do Chile. Tem experiência como Gerente de Marketing em diversas empresas privadas e trabalhou como consultor em Desenvolvimento Comunitário do Ministério de Obras Públicas do Haiti e em diversos projetos de desenvolvimento.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!